FESTin 2018 arranca no final de fevereiro em Lisboa

2018-02-12
Fonte: Canela e Hortelã
Foto por: FESTin

 

Decorre entre 27 de fevereiro e 6 de março a 9.ª edição do Festival Itinerante da Língua Portuguesa (FESTin), que terá como base o cinema São Jorge, em Lisboa, onde irão decorrer todas as atividades do festival.
O certame arranca com o filme Como Nossos Pais, da realizadora Laís Bodansky; e encerra com As Duas Irenes de Fabio Meira. Entre as novidades da edição deste ano, destaque para a exibição de várias obras vindas da Berlinale, e uma parceria com o Guiões -Festival de Roteiros de Língua Portuguesa.
A participação portuguesa na competição de longas de ficção inclui quatro projetos, entre eles o do produtor Fernando Vendrell, inspirado na obra de Vergílio Ferreira Aparição, com Jaime Freitas e Vitória Guerra.
A produção cultural lusófona é o eixo central da programação, que apresentará em competição nove longas-metragens de ficção, nove documentários e 16 curtas; secções dedicadas ao cinema brasileiro e uma nova que estende a programação aos países de línguas derivadas do latim como Espanha, Cuba, França, Itália, Roménia, e Vaticano – O Menor Exército do Mundo (vencedor do Festival de Veneza de melhor documentário).
Na secção Competição de Documentários e na sessão especial Sotaques serão apresentadas obras de Angola, Cabo Verde, Moçambique, Timor-Leste, Guiné-Bissau, Guiné-Equatorial – com destaque para Serviçais – Das Memórias à Identidade.
Entre os filmes que serão exibidos, sete tiveram antestreia mundial ou internacional nos festivais de Sundance, Roterdão e Berlim. Destaque para Vazante, uma coprodução com a Ukbar estreada no Festival de Berlim; Praça Paris, cofinanciado pela Fado Filmes e com apoio do ICA; Uma Vida Sublime, do cineasta independente Luís Diogo; Não Devore o meu Coração, de Felipe Bragança; Açúcar e Redemoinho.
Depois de Lisboa, alguns dos filmes serão exibidos em Nairóbi (Quénia), Zanzibar (Tanzânia), Bangkok (Tailândia), Sydney (Austrália), Phnom Penh (Camboja) e Macau (China), no âmbito de itinerância do FESTin e numa parceria com o Lusophone Film Festival.

Fevereiro 2018

 

Bookmark and Share