Cabo Verde recebe PALOP Music Awards em novembro

2017-06-09
Fonte: Sapo Muzika
Foto por: PALOP Music Awards

 

A primeira edição dos PALOP Music Awards (PALOPMA), evento musical que vai laurear os melhores da música dos Países Africanos da Língua Portuguesa (PALOP), acontece em Cabo Verde, em novembro deste ano.
O anúncio foi feito pela coordenadora da comunicação dos Cabo Verde Music Awards (CVMA), Soraia de Deus, no final da sétima edição do evento, garantindo que o projeto PALOP Music Awards já é uma realidade e agora é trabalhar.
Os PALOPMA vão decorrer, anualmente, após a realização das premiações de música dos países que (...)

«A Sociedade dos Sonhadores Involuntários» de José Eduardo Agualusa

2017-06-09
Fonte: Fnac
Foto por: Fnac

 

O jornalista angolano Daniel Benchimol sonha com pessoas que não conhece. Moira Fernandes, artista plástica moçambicana, radicada em Cape Town, encena e fotografa os próprios sonhos. Hélio de Castro, neurocientista brasileiro, filma-os. Hossi Kaley, hoteleiro, antigo guerrilheiro, com um passado obscuro e violento, tem com os sonhos uma relação ainda mais estranha e misteriosa. Os sonhos juntam estas quatro personagens num país dominado por um regime totalitário à beira da completa desagregação. "A Sociedade dos Sonhadores Involuntários" é uma (...)

Sopa de Camarão com Quiabos, o sabor de Moçambique

2017-06-09
Fonte: Sapo Lifestyle/ Tia Rosa
Foto por: Sapo Lifestyle/ Tia Rosa

 

Ingredientes:
• Quiabos Vanduzi 100 g
• Mini milho Vanduzi 150 g
• Malaguetas Vanduzi 2
• Camarão 750 g
• Óleo de palma 2 colheres de sopa
• Gengibre fresco ralado 1 colher de sopa
• Alho 2 dente
• Caril em pó 1 colher de sopa
• Leite de coco 300 ml
• Limão 1
• Molho de soja 3 colheres de sopa
• Açúcar amarelo 1 colher de sopa
• Sal q.b.
• Coentros 1 raminho

Ingredientes:
• Quiabos Vanduzi 100 g
• Mini milho Vanduzi 150 g
• Malaguetas Vanduzi 2
• Camarão 750 g
• Óleo de palma 2 colheres de sopa
• Gengibre fresco ralado 1 colher de sopa
• Alho 2 dente
• Caril em pó 1 colher de sopa
• Leite de coco 300 ml
• Limão 1
• Molho de soja 3 colheres de sopa
• Açúcar amarelo 1 colher de sopa
• Sal q.b.
• Coentros 1 raminho

Preparação
Descasque os camarões e deite num tacho as cascas e as cabeças.
Junte 2 litros de água e leve ao lume. Deixe ferver durante 10 minutos e depois triture tudo.
Passe a água pelo coador e guarde-a quente.
Leve ao lume um tacho com o óleo, deixe-o aquecer e junte os camarões. Deixe-os cozinhar durante 3 minutos e vá mexendo. Retire-os e guarde-os.
Junte ao tacho os seguintes ingredientes: o alho descascado e picado, as malaguetas cortadas em pedacinhos, o gengibre, o caril e mexa bem.
Junte o leite de coco e 1,5 litros de água que utilizou para cozer as cascas de camarão e deixe ferver.
Limpe os quiabos e corte-os em rodelas. Corte o mini milho ao meio.
Junte ao tacho os quiabos e o mini milho deixando-os a cozer durante 10 minutos.
Junte os camarões, o açúcar, o sumo de limão, o molho de soja e deixe ferver.
Tempere com sal e sirva decorado com folhas de coentros.

 

-->

Moçambique pretende levar eletricidade a toda a população até 2030

2017-06-08
Fonte: Correio da Manhã
Foto por: Wikipedia/Hansueli Krapf

Moçambique pretende levar eletricidade a toda a população até 2030, em linha com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável propostos pela ONU, referiu esta segunda-feira o diretor Nacional de Energia.

"À semelhança do que tem acontecido, com o apoio dos parceiros, seguramente que vamos superar este desafio e cumprir com o que decorre da iniciativa das Nações Unidas em termos de alcance do acesso universal da energia até 2030", referiu Pascoal Bacela, citado pela (AIM). O Diretor Nacional de Energia falava em Maputo, à margem da reunião nacional anual entre o Ministério dos Recursos Naturais e Energia e parceiros de cooperação envolvidos no apoio ao setor. A rede pública de eletricidade de Moçambique chega a um quinto da população. Um (...)

China e CPLP reforçam a cooperação económica com o encontro da Praia

2017-06-08
Fonte: A Semana
Foto por: A Semana

A cidade da Praia acolhe, de 16 a 18 de junho, XII edição do Encontro de Empresários para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, sob o lema “Aproveitamento de Oportunidades para uma Cooperação Pragmática entre a China e os Países de Língua Portuguesa”.

Conforme a organização, o encontro de periodicidade anual tem por objectivo estimular as relações comerciais entre empresas dos países envolvidos, através da identificação de novas formas de cooperação, oportunidades de investimentos e promover parcerias que contribuam para o desenvolvimento socioeconómico dos respetivos países.
Para o governo, a realização deste encontro em Cabo Verde é uma grande oportunidade para o reforço das relações entre organismos de promoção de comércio, assim como propiciar aos participantes novas (...)

Arquipélagos dos Açores e de Cabo Verde ligados por via aérea

2017-06-08
Fonte: Macauhub
Foto por: SATA

As ilhas dos arquipélagos dos Açores e de Cabo Verde começaram, no passado dia 3 de junho, a ficar ligadas por via aérea com a realização do primeiro voo da Azores Airlines, do grupo açoriano SATA, “estando a empresa interessada numa parceria com a Transportes Aéreos de Cabo Verde (TACV)”, afirmou o presidente do conselho de administração.

Paulo Menezes, que falava na Praia à chegada do voo inaugural que passará a ligar os dois arquipélagos, com extensão a Boston, nos Estados Unidos, e a outros destinos europeus e norte-americanos para onde voa atualmente a SATA, disse estar a empresa interessada em avaliar com a TACV e com os governos dos Açores e de Cabo Verde “todas as hipóteses.”
É um assunto que temos que estudar com o governo e com a TACV. Temos condições para desenvolver uma parceria estratégica, desde logo através desta nossa operação, que pode ser (...)

Moçambique participa no Fórum Económico de São Petersburgo

2017-06-08
Fonte: ANGOP
Foto por: Fórum Económico de São Petersburgo

Patrocinado pelo Presidente da Federação Russa, Vladimir Putin, o Fórum deste ano contará com a presença do Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres, entre outros líderes de organismos mundiais.

Durante a visita, Carlos Mesquita vai manter encontros de trabalho com os ministros dos Negócios Estrangeiros, Serguey Lavrov, e das Telecomunicações e Meios de Comunicação de Massa, Nikolay Nikiforov, entre outras entidades russas.
Durante os encontros, segundo um comunicado de imprensa do Ministério dos Transportes e Comunicações enviado à redacção da AIM, serão abordadas matérias sobre a cooperação económica no sector dos Transportes e Comunicações entre Moçambique e a Rússia.
O SPIEF, que se realiza anualmente desde 1997, (...)

Grupo Galp Energia financia projetos de energia solar em Moçambique

2017-06-08
Fonte: Macauhub
Foto por: Galp Energia

O grupo petrolífero português Galp Energia vai doar 674 mil dólares a Moçambique para financiar projetos de energia solar para iluminar escolas primárias e unidades sanitárias nas zonas rurais de quatro províncias, ao abrigo de um acordo assinado no passado dia 30 de maio, em Maputo.

O acordo, assinado entre o grupo português e o Fundo de Energia (Funae), nas pessoas dos respetivos presidentes, Carlos Silva e António Saíde, irá dotar de energia eléctrica cerca de 700 escolas e 600 centros de saúde nas províncias de Cabo Delgado, na região norte, Manica e Sofala (centro) e Maputo (sul).
A agência noticiosa AIM escreveu terem sido já eletrificados com recurso a sistemas de energia solar 201 vilas, 669 escolas, 623 centros de saúde e 77 edifícios públicos, tendo uma fábrica de painéis solares entrado em funcionamento em (...)

Fundo para a cooperação entre a China e os países de língua portuguesa com sede em Macau

2017-06-08
Fonte: Macauhub
Foto por: Macauhub

O Fundo de Cooperação para o Desenvolvimento China-Países de Língua Portuguesa, que desde o passado dia 1 de junho, tem sede em Macau, está a analisar 20 projetos apresentados por empresários em Portugal, Timor-Leste e Brasil que pretendem obter financiamento para a sua execução.

O Fundo, criado em 2013 com uma dotação de mil milhões de dólares, já apoiou projetos apresentados por grupos empresariais em Moçambique, Angola e Brasil em áreas como agricultura, energia e infraestruturas.
O apoio financeiro previsto para os projetos apresentados ao fundo é de 20 milhões de dólares por unidade mas responsáveis da instituição referiram a abertura para estudar aumentos nas verbas a conceder, de acordo com a dimensão dos projetos de investimento apresentados.
A transferência da sede do fundo de Pequim para Macau foi (...)

Angola e Rússia aprofundam cooperação económica

2017-06-08
Fonte: Macauhub
Foto por: Cortesia de cooldesign em FreeDigitalPhotos.net

O satélite angolano AngoSat pode entrar em órbita ainda este ano, anunciou o ministro da Telecomunicações e Tecnologias de Informação, José Carvalho da Rocha, em declarações proferidas em Luanda.

O ministro, que falava no final de uma reunião com o vice-primeiro-ministro da Federação Russa, Yury Trutnev, que o projeto está a decorrer dentro do calendário previsto, estando a construção do satélite quase a ficar concluída, de acordo com o Jornal de Angola.
José Carvalho da Rocha disse que o encontro serviu para passar em revista o nível de cooperação, particularmente os projetos que o sector tem estado a desenvolver com a Rússia, uma vez que há datas que foram acordadas e que precisam ser cumpridas.
O vice-ministro russo foi (...)