Cellnex compra torres de telecomunicações da NOS em acordo de 550 milhões

2020-05-06
Fonte: SIC Notícias
Foto por: Troy Squillaci no Pexels

A empresa espanhola de infraestruturas de telecomunicação Cellnex comprou à portuguesa NOS a totalidade do capital social da NOS Towering num acordo que poderá ascender a 550 milhões de euros com um pagamento inicial de 375 milhões.

O compromisso prevê a aquisição de 100% da NOS Towering e dos seus cerca de 2.000 sites de telecomunicações, um portfólio de torres de telecomunicações localizadas em áreas urbanas (40%), suburbanas e rurais (60%) espalhadas por Portugal, segundo informação da empresa espanhola publicada na Comissão Nacional do Mercado de Valores (CNMV) de Madrid.
A transação implica um pagamento inicial de cerca de 375 milhões de euros e ainda um "investimento de expansão" de cerca de 175 milhões relacionados com o alargamento do seu perímetro (em até 400 novos sites), incluindo um programa BTS, assim como outras iniciativas acordadas ao longo dos próximos seis anos.
Nos termos do acordo, a Cellnex, que financia a operação com capitais próprios, e a NOS assinaram um contrato inicial de 15 anos, renovável por períodos adicionais sucessivos de 15 anos, segundo os quais a empresa portuguesa continuará a usar os sites que a Cellnex irá operar.
A NOS informa em comunicado publicado na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) de Lisboa que este acordo lhe irá permitir "continuar a otimizar e expandir" a sua rede móvel de última geração, reforçando simultaneamente a sua capacidade de investimento na criação do valor de longo prazo para a empresa.
"Ao unir esforços com a Cellnex em Portugal, através desta parceria estratégica, a NOS garante as suas necessidades presentes e futuras em termos da sua infraestrutura móvel passiva", sublinha a empresa de telecomunicações portuguesa.
A Cellnex também informa que, com esta transação, o seu 'stock' de vendas futuras contratadas aumentará em dois mil milhões de euros, para um total de 46 mil milhões.
A concretização da operação fica sujeita às habituais autorizações administrativas e das autoridades reguladoras de concorrência dos dois países.
A Cellnex Telecom desenvolve a sua atividade em Espanha, Portugal, Itália, Holanda, França, Suíça, Reino Unido e Irlanda, sendo uma operadora de infraestruturas de telecomunicações e transmissão sem fio, com um portfólio de 61.000 'sites', incluindo os sites contratados até 2027.
"Esta operação é um passo importante na consolidação da nossa estratégia, atual e futura, de investimento na expansão, otimização e melhoria da qualidade de serviço de dados e voz móvel, de forma mais eficiente", afirma o presidente executivo da NOS, Miguel Almeida, citado num comunicado da operadora de telecomunicações.
"Reforçamos, desta forma, o nosso compromisso em assegurar que capacitamos a nossa operação das condições certas para continuar a ser o natural parceiro das empresas na resposta ao desafio da transformação digital, cada vez mais exigente, e das famílias portuguesas que continuaremos a servir com uma experiência de excelência", acrescenta o gestor.
Por sua vez, o presidente executivo da Cellnex, Tobías Martinez, destacou, num outro comunicado, "a capacidade das equipas da Cellnex, tanto ao nível corporativo como em Portugal, para continuar a progredir com novos acordos" com os seus clientes, "mesmo num cenário particularmente complexo e sensível" como o que se vive atualmente.
"O acordo alcançado com a NOS reforça a natureza e o perfil neutro e independente face aos operadores que caracteriza o nosso modelo. Também em Portugal, esta transação demonstra que a Cellnex é um grupo que, precisamente devido à sua natureza neutra e independente, pode consolidar projetos de colaboração de longo prazo com os vários operadores que acedem à sua rede de infraestruturas para implementarem as suas redes de telecomunicações", refere ainda o responsável.
"Após o recente acordo de aquisição da Omtel por 800 milhões de euros, no passado dia 02 de janeiro, esta nova transação num período particularmente desafiante para a economia global vem reforçar a aposta da Cellnex em Portugal, fazendo aumentar o seu investimento no país para 1.175 milhões de euros, o qual pode vir a atingir os 1.350 milhões de euros", salienta Tobías Martinez.
O Santander Corporate & Investment Banking atuou como assessor financeiro exclusivo da NOS na venda à Cellnex de 100% da NOS Towering.
"Esta operação evidencia o elevado interesse pelo setor, agora ainda mais defensivo, neste momento único que estamos a viver", afirma Rodrigo Teixeira, responsável da área de tecnologia, media e telecomunicações (TMT)/fusões e aquisições do Santander a nível global, que liderou a equipa que assessorou a NOS, citado em comunicado.
"A venda da NOS Towering é a terceira transação de torres em que o Santander atua como assessor de M&A [fusões e aquisições] nos últimos quatro meses a nível global", conclui Rodrigo Teixeira.

Abril 2020

 

Bookmark and Share