Google anuncia alteração das regras de acesso gratuito a notícias

2017-10-09
Fonte: APDC
Foto por: Google

A gigante tecnológica vai alterar esta semana o atual sistema que permite, no mínimo, aceder a três notícias gratuitas por dia através do seu portal. Os grupos de media passam a decidir o que querem disponibilizar através da Google.

Esta medida foi anunciada hoje pela tecnológica para "reforçar a estratégia de apoio à indústria de notícias". “A partir desta semana, vamos terminar com o sistema ‘First Click Free’, que exigia aos publishers a disponibilização de no mínimo três artigos gratuitos por dia - via pesquisa Google ou Google Notícias - antes de exibir às pessoas uma ‘paywall’", ou seja, um sistema de pagamento pelo acesso a conteúdos, refere em comunicado.
Assim, os grupos de media passam a poder escolher quantos artigos querem disponibilizar no sistema "first click free" da Google mensalmente. Uma abordagem "experimente antes de comprar", onde a Google destaca que “muitos publishers já sabem: é preciso proporcionar algum tipo de amostra gratuita para se ter sucesso na Internet. Se for muito pouco, então, poucos utilizadores vão clicar nos links para esses conteúdos ou partilhá-los, o que pode ter um efeito na afinidade ou tráfego da marca ao longo do tempo”. E adianta que "para a maioria dos editores de media, 10 artigos por mês é um bom ponto de partida".
Segundo a Google, “no longo prazo, estamos num processo de criação de um conjunto de produtos e serviços para ajudar os publishers de notícias a alcançarem novas audiências, a levar as audiências à subscrição de assinaturas e a aumentarem as suas receitas”. Assim como "simplificar todo o processo de compra para facilitar a subscrição dos conteúdos e o acesso ao mesmo nas várias plataformas”.
Está ainda a desenvolver um novo sistema para simplificar a subscrição de conteúdos. A ideia passa por "tentar tirar partido das tecnologias de identificação e pagamento já existentes para ajudar as pessoas a fazerem assinaturas no website da publicação através de um único clique para, em seguida, terem acesso de forma simples a esses conteúdos em qualquer lado - quer seja no website do publisher, na aplicação mobile ou na pesquisa Google ou Google Notícias".

Outubro 2017

Bookmark and Share