Empresa chinesa Alibaba Cloud contratada para transformar Macau numa “cidade inteligente”

2017-09-08
Fonte: Macauhub
Foto por: Macauhub

A empresa Alibaba Cloud, subsidiária do grupo chinês Alibaba, foi contratada para criar um centro de inteligência artificial em Macau, ao abrigo de um acordo-quadro que decorrerá em duas fases e que foi no passado dia 1 e agosto assinado pelo presidente da Alibaba Cloud, Hu Xiaoming e pela chefe de gabinete do Chefe do Executivo, O Lam.

A Alibaba Cloud espera construir um centro de inteligência artificial a fim de ajudar a organizar os assuntos que têm a ver com a qualidade de vida da população”, por exemplo, com a criação de uma rede de trânsito inteligente e com o melhoramento do sistema de saúde eletrónico já existente, disse na ocasião Hu Xiaoming.
Este projeto será executado em duas fases, surgindo em primeiro lugar um centro de computação em nuvem e uma plataforma de dados, que abrangerá áreas como a promoção do turismo, formação de recursos humanos, gestão do trânsito, serviços de assistência médica, gestão integrada urbana e prestação de serviços integrados e a tecnologia financeira.
Após esta primeira fase, que deverá estar em funcionamento até julho de 2019, seguir-se-á uma segunda, que irá abranger áreas como a proteção ambiental, a passagem fronteiriça e a previsão económica, estando previsto que tudo fique operacional até julho de 2021.
Os dados recolhidos serão armazenados em Macau, garantiu o presidente do Alibaba Cloud, através de uma plataforma estabelecida de acordo com “os padrões mais exigentes da União Europeia e da Organização das Nações Unidas.”
A chefe de gabinete do Chefe do Executivo disse que embora este acordo-quadro seja a realização prática de uma estratégia “claramente definida” no primeiro Plano Quinquenal e nas últimas duas Linhas de Ação Governativa, não existe um “orçamento global”, indo a adjudicação ser feita “projeto a projeto”.
A assinatura do acordo foi testemunhada pelo Chefe do Executivo de Macau, Chui Sai On e pelo presidente do Conselho de Administração do grupo Alibaba, Ma Yun.

Agosto 2017

 

Bookmark and Share