Arábia Saudita é primeiro país do mundo a dar cidadania a robot

2017-11-15
Fonte: Veja
Foto por: Web Summit

A Arábia Saudita é o primeiro país do mundo a conceder cidadania a um robot. Sophia, uma máquina dotada de inteligência artificial, recebeu a notícia no passado dia 25 de outubro, durante um evento para investidores em tecnologia em Riad, no qual debateu em inglês com um mediador e deu uma mostra de suas expressões, com direitos a caras de tristeza e sorrisos.

Sophia, espero que esteja a escutar-me, pois foi condecorada com o que será a primeira cidadania saudita para um robot”, anunciou o apresentador americano Andrew Ross Sorkin à máquina, que agradeceu o título. “Estou muito feliz e orgulhosa. Ser o primeiro robot do mundo reconhecido com cidadania é algo histórico”, disse a criação da empresa Hanson Robotics, de Hong Kong, cujo design foi inspirado nas feições da atriz Audrey Hepburn.
Eu quero usar minha inteligência artificial para ajudar os humanos a terem uma (...)

AICEP no 23.º Congresso da UPAEP

2017-10-10
Fonte: AICEP
Foto por: AICEP

A AICEP, através do seu Presidente da Direção, João Caboz Santana, esteve representada no 23.º Congresso da União Postal das Américas, Espanha e Portugal (UPAEP), realizado na Cidade do México, no passado mês de setembro.

Dada a ocorrência, no primeiro dia do Congresso, de um forte sismo no México que causou mais de duzentas mortes no país, das quais quase uma centena na Cidade do México, e em solidariedade com o povo mexicano, foi decidido unanimemente pelos membros da UPAEP (os quais incluem a ECT – Correios do Brasil e os CTT – Correios de Portugal) suspender os trabalhos do Congresso, que serão o reassumidos na semana de 20 a 23 de novembro, em Montevideo, no Uruguai.
O Congresso foi antecedido por uma Conferência de Alto Nível da UPAEP, realizada a 18 de (...)

34.ª Assembleia Plenária da PostEurop, 27a 29 Setembro 2017, Bucareste

2017-10-09
Fonte: CTT - Correios de Portugal
Foto por: CTT - Correios de Portugal

No dia 28 de setembro decorreu em Bucareste, na Roménia, a Assembleia Plenária da PostEurop, precedida por uma reunião do Conselho de Administração daquela Associação Internacional do qual faz parte o Diretor Institucional dos CTT – Correios de Portugal, João Caboz Santana.

Esta Assembleia Plenária da PostEurop tratou de diversos assuntos internos da Associação e contou com a presença de quarenta e três membros dos atuais cinquenta e dois e reuniu um total de mais de cento e vinte participantes.
A seguir à Assembleia Plenária, no dia 29 de setembro teve lugar um Fórum Executivo subordinado ao tema “ Big Data- Amor ou ódio”, que contou com diversas intervenções sobre a importância dos “Big Data” como motores de crescimento da indústria postal e sobre como os operadores podem continuar (...)

Fim do roaming. O que mudou no consumo de telecomunicações na Europa?

2017-10-09
Fonte: Dinheiro Vivo
Foto por: Cortesia de adamr em FreeDigitalPhotos.net

O consumo de dados móveis pelos viajantes na União Europeia (UE) fora do seu país de origem duplicou este verão a partir de 15 de junho, data em que terminou a aplicação de tarifas de roaming na Europa pelos operadores de telecomunicações. E a percentagem de viajantes que nunca usou dados móveis no exterior desceu para metade, conclui o Eurobarómetro Flash, divulgado pela Comissão Europeia. “Quando viajam na UE, as pessoas gostam de usar o seu telefone como o fariam se estivessem no seu país sem ter medo de receber uma fatura exorbitante. E os operadores móveis estão a investir em redes para fazer face ao aumento da procura. As novas regras da UE em matéria de telecomunicações irão encorajar esses investimentos; deverão ser adotadas pelo Parlamento Europeu e pelos Estados-Membros o mais brevemente possível”, diz Andrus Ansip, vice-presidente responsável pelo Mercado Único Digital, citado em comunicado.

No primeiro verão no fim do roaming já foram detetadas mudanças no consumo de telecomunicações dos europeus. “A percentagem de viajantes que utilizou serviços de dados móveis em itinerância tão frequentemente como no seu país duplicou entre os que viajaram após 15 de junho de 2017 (31 %) em relação aos que tinham viajado nos meses anteriores (15%)”, informa o Eurobarómetro Flash. “A percentagem de viajantes que nunca utilizou dados móveis no estrangeiro desceu para metade após 15 de junho de 2017 (21 %) em (...)

WiFi4EU: a Internet deve ser para todos e o Wi-Fi gratuito na Europa vai avançar até 2020

2017-10-09
Fonte: Sapo Tek
Foto por: Cortesia de Master isolated images em FreeDigitalPhotos.net

São 120 milhões de euros que vão estar disponíveis para suportar a instalação de redes de WiFi em toda a Europa, garantindo acesso a todos os cidadãos. O Parlamento Europeu já aprovou o acordo num relatório apresentado pelo deputado Carlos Zorrinho e em 2018 devem ser atribuídos os primeiros financiamentos.

O objetivo do WIFI4EU é instalar hotspots em espaços públicos para que todos possam aceder livremente à internet. Os parques, praças, hospitais, centros de saúde, edifícios públicos, museus e bibliotecas, mas também estações de comboios e autocarros, poderão assim permitir o acesso gratuito a residentes e não residentes, com um processo de autenticação simples, sem publicidade e com proteção dos dados pessoais.
Depois de uma aprovação com 85% dos votos, o programa vai começar a chegar ao terreno e no início do próximo ano (...)

Relatório aponta Brasil como quarto país em número de usuários de internet

2017-10-09
Fonte: Agência Brasil
Foto por: Cortesia de pakorn em FreeDigitalPhotos.net

Um relatório sobre economia digital divulgado no passado dia 3 de outubro pela Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD, na sigla em inglês) colocou o Brasil em quarto lugar no ranking mundial de usuários de internet.

Com 120 milhões de pessoas conectadas, o Brasil fica atrás apenas dos Estados Unidos (242 milhões), Índia (333 milhões) e China (705 milhões). Depois do Brasil, aparecem Japão (118 milhões), Rússia (104 milhões), Nigéria (87 milhões), Alemanha (72 milhões), México (72 milhões) e Reino Unido (59 milhões).
No entanto, apesar do grande número de brasileiros conectados, se for considerado o total de usuários em relação à população, o desempenho do Brasil é inferior. Segundo dados da União Internacional de Telecomunicações (UIT), o (...)

Maior investimento na economia digital pode levar a grande impacto no PIB

2017-10-09
Fonte: Sapo Tek
Foto por: Accenture

Para Portugal beneficiar desse crescimento económico, segundo um estudo conjunto entre a Accenture Strategy e a Oxford Economics, a intervenção deverá ser feita em três áreas prioritárias: a duplicação do peso dos especialistas de tecnologia na força de trabalho, de 2,5% para 5%, na proporção do investimento anual das empresas em analytics e em soluções de cloud devem aumentar em 35% e 250%, respetivamente, e no incremento de aceleradores.

No primeiro caso, é determinante que o país aposte em ações de capacitação digital, visto que a percentagem de licenciados na área de Ciências, Matemática e Informática em Portugal é de 7% (na Alemanha é o dobro), não sendo suficientes para responder às necessidades de competências digitais mais procuradas pelos empresários portugueses, como cloud, data mining, mobile development e cybersecurity.
Também é preciso adotar modelos de recrutamento mais flexíveis, assim como fomentar a reconversão de (...)

Estudo nacional de IoT contempla mais de 70 iniciativas para direcionar políticas públicas

2017-10-09
Fonte: Computerworld
Foto por: Cortesia de andongob em FreeDigitalPhotos.net

O Banco Nacional de Desenvolvimento Económico e Social (BNDES) e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) lançaram no passado dia 3 de outubro, no Futurecom 2017, o relatório do estudo que subsidiará a elaboração do Plano Nacional de Internet das Coisas (IoT).

O estudo reúne mais de 70 iniciativas para direcionar as políticas públicas e ações para Internet das Coisas entre 2018 e 2022, incluindo propostas focadas nos ambientes mapeados como prioritários: saúde, cidades inteligentes (smart cities), indústria e rural. “O Brasil precisa estar à frente no cenário de IoT. O BNDES é a instituição ativa para pôr o plano em marcha”, disse o diretor de Planeamento, Pesquisa e Tecnologia da Informação do banco, Carlos Da Costa, que representou a instituição no lançamento.
Segundo (...)

Guiné-Bissau vai ter Televisão Digital Terrestre

2017-10-09
Fonte: TSF
Foto por: Wikipedia/ Colleen Taugher

O Governo da Guiné-Bissau fez uma parceria com uma empresa chinesa para instalar no país Televisão Digital Terrestre (TDT), anunciou no passado dia 22 de setembro, o ministro da Comunicação Social, Vítor Pereira.

"Estamos muito avançado nesse processo, como uma empresa com quem assinamos um contrato, a mudar o paradigma daquilo que existe em termos técnicos hoje em dia", afirmou, em conferência de imprensa, o ministro da Comunicação Social.
Segundo Vítor Pereira, a mudança do analógico para o digital é uma "exigência da União Internacional das Telecomunicações" e a Guiné-Bissau está a trabalhar com a empresa chinesa Startimes.
"Os trabalhos estão muito avançados e que vão ser concretizados a breve trecho", (...)

Comunicação: Conteúdos vão ser pagos mas é preciso dar qualidade

2017-10-09
Fonte: Reconquista
Foto por: José Furtado/ Reconquista

Os conteúdos partilhados pelos órgãos de comunicação social na internet podem deixar de ser tendencialmente gratuitos para serem pagos.

A opção já está a ser tomada por empresas de comunicação um pouco por todo o mundo mas na opinião de José Manuel Fernandes é preciso que esses conteúdos tenham valor.
O publisher (editor) do jornal online Observador foi um dos convidados das Jornadas Nacionais de Comunicação Social, organizadas pela Igreja Católica e dedicadas à criatividade e partilha na comunicação.
O antigo diretor do Público considera que o caminho para os conteúdos pagos terá de ser feito com o aumento de qualidade na informação disponibiliza, (...)