17 de maio de 2017, Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade da Informação

2017-06-09
Fonte: UIT
Foto por: UIT

Todos os anos, no dia 17 de maio, os membros da UIT em todo o mundo celebram o Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade da Informação , um dia para marcar a fundação da nossa União há mais de 150 anos.

O tema para 2017 é "Big Data for Big Impact", que explorará o poder dos grandes dados para o desenvolvimento e examinará as oportunidades de converter quantidades inéditas de dados em informações que possam impulsionar o desenvolvimento.
A perceção resultante dessa análise de dados permitirá a tomada de decisões baseadas em evidências nos níveis nacionais, regionais, internacionais que ajudará na implementação de todos os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas para 2030.
Será também uma (...)

Primeiro satélite angolano é lançado este ano em órbita

2017-06-09
Fonte: Jornal de Angola
Foto por: Cortesia de cooldesign em FreeDigitalPhotos.net

O Ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, José Carvalho da Rocha, reafirmou em Luanda que o satélite geoestacionário angolano está em fase de testes finais e o seu lançamento em órbita está previsto para este ano.

Ao responder às inquietações dos estudantes do Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências (ISPETEC), na palestra sobre “Angosat 1, Desafios, Benefícios e Oportunidades”, o Ministro referiu que com a entrada do Angosat 1, o sinal das tecnologias de informação e comunicação vai melhorar em grande medida.
Carvalho da Rocha justificou que a dificuldade do sinal nas tecnologias de informação deve-se ao facto de Angola apenas ter acesso a 15 por cento de Internet a partir dos dois cabos de fibra ótica que passam por (...)

Aprovadas novas regras para a compra de conteúdos online

2017-06-09
Fonte: Notícias ao minuto
Foto por: UE

O Parlamento Europeu (PE) aprovou, no passado dia 18 de maio, novas regras que permitem quem compra legalmente conteúdos online, como filmes ou jogos de futebol, no seu Estado-membro manter o acesso quando se encontra em outro país da União Europeia.

As novas normas sobre portabilidade transfronteiras dos serviços de conteúdos em linha ('online'), que entram em vigor a partir de 2018, vão permitir aos consumidores o acesso aos conteúdos digitais adquiridos ou de que têm uma assinatura quando se encontram temporariamente em outro país da UE, quer seja por motivos de lazer, profissionais ou académicos.
Para evitar abusos, os prestadores de serviços verificarão o país de residência dos assinantes, de acordo com determinados critérios.
Atualmente, os cidadãos em viagem no interior da (...)

Europa de acordo para instalar Wi-Fi gratuito em todos os municípios

2017-06-09
Foto por: Cortesia de adamr em FreeDigitalPhotos.net

O Parlamento Europeu, o Conselho e a Comissão Europeia chegaram finalmente a acordo sobre a iniciativa WiFi4EU, que prevê a criação de pontos de acesso Wi-Fi em espaços públicos.

Praças, parques, jardins, hospitais e outros locais públicos dos países da União Europeia vão disponibilizar acesso gratuito à internet até 2020, uma medida que estava prevista na Estratégia para o mercado único digital .
Tal vai acontecer ao abrigo da iniciativa WiFi4EU, aprovada pelo Parlamento Europeu, pelo Conselho e a pela Comissão Europeia, que prevê o desbloqueio de 120 milhões de euros para financiar a instalação dos chamados hotspots entre 6.000 a 8.000 municípios de todos os Estados-membros.
Na prática, ficou decidido que (...)

Comissão Europeia publica estratégia sobre cibersegurança

2017-06-09
Fonte: ANACOM
Foto por: Cortesia de lekkyjustdoit em FreeDigitalPhotos.net

A Comissão Europeia (CE), através do Centro Europeu de Estratégia Política (centro de reflexão da CE), publicou uma nota estratégica sobre a segurança cibernética e a construção de um escudo europeu cibernético eficaz.

Os ciberataques já ocorrem diariamente. As violações de informação de dados sensíveis, as campanhas de desinformação em massa, a ciberespionagem e os ataques a infraestruturas críticas não são mais ameaças futuristas, mas eventos reais que afetam diariamente pessoas, empresas e Governos. A agressão cibernética surge como um novo fator importante, que pode ser ativado para alcançar a superioridade estratégica, desestabilizar os Estados e causar danos económicos em larga escala.
Neste contexto em rápida evolução, a União Europeia (UE) (...)

Realidade Virtual e lentes de contato inteligentes: futuro ou realidade?

2017-06-09
Fonte: CIO/ Luiz Alexandre Castanha
Foto por: Cortesia de pixtawan em FreeDigitalPhotos.net

Se quando pensa em Realidade Virtual, imagina algo num futuro distante, tenho uma novidade para contar: você está atrasado. A Realidade Virtual e a Realidade Aumentada já formam um mercado que movimenta 5,2 mil milhões de dólares por ano. Os grandes nomes da tecnologia, como Google e Facebook, já estão aplicando a Realidade Virtual nos seus novos negócios e a expectativa é que, em 2020, essas tecnologias movimentem cerca de 162 mil milhões de dólares, segundo dados da consultoria IDC.

Felizmente, o mercado brasileiro já mostra sinais de que está atento à nova tendência. Há algumas semanas, tive a oportunidade de participar de um painel sobre o assunto, com representantes das empresas Samsung, Qualcomm e mobCONTENT e Beenoculus, sendo que todas já estão apostando nessa tecnologia.
Dos grandes players, o Google talvez tenha sido um dos mais ousados, arrisco dizer. Todos devem lembrar do Google Glass, óculos de Realidade Aumentada, que apesar de muito interessante, enfrentou uma certa rejeição do público. Na verdade muitas (...)

Cabo Verde conhece a sua primeira casa inteligente

2017-06-09
Fonte: Expresso das Ilhas
Foto por: Expresso das Ilhas

Pelas mãos de dois estudantes de Informática e Gestão, Belito Xavier e Abdulay Fonseca, recorrendo a microprocessadores, a primeira Casa Inteligente torna-se numa realidade em Cabo Verde. Trata-se do Bloco E, infraestrutura da Universidade Jean Piaget de Cabo Verde, na cidade da Praia, Campus do Palmarejo Grande.

A partir de uma web page, concebida de raiz por Xavier e Fonseca, donos da empresa MicroKII e vencedores do 5.º Start Up Universitário, tem-se o controlo desse edifício nas suas mais variadas funcionalidades. “Nós vamos ter acesso ao controlo da ventoinha, da luz de teto, luz do quadro, tomadas, portas, ar condicionado e iluminação pública no recinto da universidade”, elucida Belito Xavier.
Almejando a redução dos custos com a eletricidade e uma gestão eficiente, todas essas funcionalidades são comandadas nessa (...)

Para concorrer com YouTube, Facebook planeia lançamento de conteúdos em vídeo

2017-06-09
Fonte: IG Tecnologia/24 horasNews
Foto por: Facebook/ Youtube

A publicação de vídeos no Facebook não é nenhuma novidade para os usuários. Todos os dias, milhares de conteúdos do tipo são partilhados, 'gostados' e comentados na rede social. Apesar disso, a plataforma ainda não é vista como uma concorrente direta do YouTube e Netflix neste quesito. Mas isso pode mudar em breve.

De acordo com informações da Reuters, o Facebook está a planear a produção de programas próprios em dois formatos diferentes para bater de frente com o YouTube . O primeiro formato contempla shows roteirizados, com duração mais ampla, variando de 20 a 30 minutos e contando com intervalos comerciais. Nestes casos, os conteúdos seriam propriedade do próprio Facebook.
O outro modelo seria de programas menores, que duram de cinco a dez minutos. Nestas situações é possível haver roteirização ou não e também haverá a aplicação de (...)

Conteúdos originais do Facebook podem chegar em junho e protótipo da Nintendo Playstation está funcional

2017-06-09
Fonte: Future Behind
Foto por: Facebook

Estima-se que em 2020 perto de 75% do tráfego de internet vai ser usado para consumir conteúdos de vídeo. A qualidade visual das produções aliada à cada vez maior qualidade da internet tem permitido ao vídeo ganhar um destaque preponderante no segmento digital moderno. Não é por isso de estranhar que quase todas as grandes empresas tenham interesse no vídeo: Google/YouTube, Amazon/Twitch/Amazon Video, Netflix, Twitter/Pinterest.

O Facebook é outra das empresas que tem apostado forte no vídeo e agora a empresa parece estar preparada para dar o seu próximo passo: disponibilizar conteúdos – como séries – que serão exclusivas da sua plataforma social. Nesta fase parece difícil ver o Facebook a ganhar uma escala tão assinalável quanto a Netflix, por exemplo. Mas há uns anos também parecia difícil o Facebook desafiar o YouTube. Resta saber se os consumidores vão ser capazes de focar-se numa série na plataforma que os habituou a uma grande torrente de informações e (...)

Soluções de Edge Computing são os cérebros por trás da Internet das Coisas

2017-06-08
Fonte: CIO/ Raymundo Peixoto
Foto por: Cortesia de andongob em FreeDigitalPhotos.net

A explosão de dados gerada por dispositivos de Internet das Coisas (IoT) vai exigir que muitas das informações que hoje estão armazenadas na nuvem voltem a ser realocadas na borda da rede. Isso porque, atualmente existe uma demanda por processamento em tempo real, capaz de dar respostas ágeis que sejam relevantes à operação e à tomada de decisão.

Para aproveitar todo o potencial da IoT, os dados devem ser processados, armazenados e analisados mais perto do usuário final. A melhor forma de conseguir isso, é levando o potencial até a borda da rede, ou seja, fazendo uso de soluções de computação na borda da rede (Edge Computing) como o cérebro por trás da IoT.
A Edge Computing, em sua forma mais simples, aproxima a computação do usuário, colocando o armazenamento na "borda" da rede. Com as soluções de borda, não é mais necessário transferir uma grande quantidade de (...)