"Os dados pessoais são o novo ouro”

2018-02-11
Fonte: Jornal Económico
Foto por: Cortesia de patrisyu em FreeDigitalPhotos.net

João Ribeiro da Costa, Head of Digital Transformation Católica-Lisbon e Jorge Pereira da Silva, Dean Faculdade de Direito da Universidade Católica, coordenadores do Programa RGPD da Católica, explicam ao Jornal Económico o que vai mudar com o novo Regulamento de Proteção de Dados e as oportunidades que prefigura para cidadãos, empresas e administração pública.

 

O que significa o novo Regulamento da Proteção de Dados?
Acima de tudo o RGPD deve ser visto como uma oportunidade, uma enorme oportunidade! Como disse o Economist em maio último, “The world’s most valuable resource is no longer oil, but data”, há um novo ativo que permitiu criar as maiores empresas globais da atualidade. A proliferação dos dados digitais mostrou a centralidade do valor dos dados pessoais e o valor da privacidade.
Esta consciência (...)

Europa põe fim às fronteiras no comércio eletrónico

2018-02-11
Fonte: Sapo Tek
Foto por: Cortesia de Stuart Miles em FreeDigitalPhotos.net

Novas regras que defendem as mesmas condições de aquisição em toda a UE, independentemente do local onde o ciberconsumidor esteja, foram aprovadas, no passado dia 6 de fevereiro, pelo Parlamento Europeu, com 557 votos a favor, 89 contra e 33 abstenções.

A “proposta de regulamento sobre medidas contra o bloqueio geográfico e outras formas de discriminação com base na nacionalidade, local de residência ou de estabelecimento dos clientes no mercado interno” aprovada tinha sido finalizada com um acordo político entre o Parlamento Europeu, o Conselho e a Comissão, com o objetivo de acabar com o geoblocking injustificado.
O novo regulamento pretende que seja dado acesso a bens e serviços sob as mesmas condições de aquisição em toda a Europa, independentemente do local onde o (...)

Aqui não há caixas de pagamento. Primeiro minimercado Amazon GO já abriu ao público

2018-02-11
Fonte: Sapo Tek
Foto por: Amazon

Depois de alguns meses de experiência com clientes "da casa", a primeira Amazon GO abriu ao público no passado dia 22 de janeiro. O minimercado, cujo conceito gira em torno da automatização, não têm qualquer caixa de pagamento, sendo que as compras são pagas e registadas através do smartphone assim que o cliente sair da loja.

Desde meados de 2016 que o minimercado está aberto a empregados da Amazon.
A única exceção à presença da mão-de-obra humana dá-se na secção de bebidas alcoólicas, onde estará um empregado a confirmar a idade dos clientes de forma a assegurar que nenhuma bebida é vendida a menores de 21 anos.
Para comprar nesta Amazon GO, que fica em Seattle, Estados Unidos, o cliente tem apenas de fazer scan de uma App instantânea, que fica disponível enquanto estiver dentro da loja, recolher os produtos que quer levar, e sair. Tudo o resto é feito (...)

São Tomé e Príncipe foi reconhecido um país exemplo

2018-02-11
Fonte: CST - Companhia Santomense de Telecomunicações
Foto por: CST - Companhia Santomense de Telecomunicações

São Tomé e Príncipe foi reconhecido um país exemplo e considerado caso de sucesso no estudo realizado pela UIT (União Internacional de Telecomunicações) e pelas Nações Unidas.

Segundo o estudo, dos 47 países considerados, São Tomé e Príncipe apresenta melhor cobertura 3G, melhor custo global de internet, maior utilização de internet pela população em geral, maior utilização de internet pelo segmento jovem, melhor conhecimento da população sobre a utilização de tecnologias de informação e melhor cobertura e disponibilização de internet nas escolas.
Este é o resultado do esforço realizado ao longo dos últimos anos.
Pode consultar o estudo em https://goo.gl/7uP6qF

O futuro da tecnologia no local de trabalho

2018-02-11
Fonte: Jornal Económico/ José J. Pereira da Silva, Sales Director Lisboa Ricoh Portugal
Foto por: Cortesia de patrisyu em FreeDigitalPhotos.net

A tecnologia de impressão e digitalização, as videochamadas e os quadros interativos são parte de uma revolução na forma de trabalhar. Mas isto é só o início.

Se dermos uma vista de olhos pelo Gartner’s 2017 Hype Cycle de 2017, a revisão anual desta consultora sobre as tecnologias emergentes, detetamos o surgimento de várias tecnologias-chave, sendo que se estima uma adoção generalizada da realidade virtual, machine learning, deep learning e a augmented data discovery num período de dois a cinco anos. Estas tecnologias estão diretamente relacionadas com a produtividade no local de trabalho, e são desenhadas para ajudar os colaboradores a trabalhar de forma mais inteligente (...)

A Feira em Macau que promove as Energias Renováveis e a Tecnologia

2018-02-11
Fonte: Jornal Económico
Foto por: MIECF

A Macao International Environmental Co-operation Forum 2018 (MIECF 2018) é um evento que pretende congregar num só espaço soluções para os desafios ambientais atualmente enfrentados pela sociedade.

A eliminação de resíduos de forma ambientalmente sustentável é crucial para a sociedade global e também para Macau. Este será igualmente um espaço que pretende promover networking especializado e oportunidades de negócios. A responsabilidade social e a preservação ambiental são imperativos das sociedades modernas. E é com esse sentido de responsabilidade inadiável que a MIECF pretende assumir-se como um espaço de partilha de soluções para os desafios ambientais que as sociedades enfrentam.
O evento realizar-se-á entre os dias (...)

Google cria nova empresa de cibersegurança

2018-02-11
Fonte: Sapo Tek
Foto por: Chronicle

Chama-se Chronicle e é a última empresa a juntar-se ao rol de marcas que operam sob o nome da Alphabet. De acordo com Astro Teller, o grande destaque deste novo projeto está no desenvolvimento de um "sistema imunitário digital", que deteta ameaças através do armazenamento e análise de dados relacionados com os sistemas de segurança informática de grandes empresas.

A Chronicle nasce no seio da Google X, que é o nome do departamento encarregue de desenvolver projetos futuristas e tecnologicamente avançados para a gigante norte-americana.
Teller, que é um dos chefes desta secção, explica que a comparação de dados obtidos e tratados através das infraestruturas da Google permitem que a deteção e a neutralização das ameaças seja mais eficiente e muito mais rápida (minutos em vez de horas ou dias). "Acho que vamos conseguir ajudar as organizações a terem mais confiança nos seus sistemas de (...)

Millennials preferem biometria a passwords

2018-02-11
Fonte: Marketeer
Foto por: Cortesia de nenetus em FreeDigitalPhotos.net

As palavras-chave não são algo a que a Geração Millennial dedica muita atenção. Preferem optar por autenticação biométrica e multifatorial, de acordo com o estudo “O Futuro da Identidade” elaborado pela IBM Security.

A tecnológica acredita que os Millennials estão a alterar a forma como fazemos login, mostrando-se mais preocupados com a segurança online: colocam a segurança acima da facilidade em aceder a aplicações e dispositivos. Além da biometria e da autenticação multifatorial (mais do que um passo), também estão abertos a gestores automáticos de passwords.
«Começa-se a reconhecer que, de facto, as passwords já não cumprem todos os requisitos de segurança e são inadequadas, pelo que é tempo de adotar métodos mais avançados que comprovem a (...)

Top 100 Global Technology Leaders: Microsoft no topo da lista da Thomson Reuters

2018-02-11
Fonte: Sapo Tek
Foto por: Thomson Reuters

No âmbito de um estudo que pretende identificar as empresas mais bem sucedidas a nível financeiro e organizacional, a Thomson Reuters elegeu as 100 que melhor se destacam na indústria tecnológica. A Microsoft ocupa a primeira posição desta lista.

Em segundo e terceiro lugar surgem a Intel e a Cisco, respetivamente.
No top 10 há ainda espaço para a Apple, a Alphabet, a IBM, a SAP, a Texas Instruments, a Accenture e a Taiwan Semiconductor Manufacturing.
As restantes 90 empresas não estão hierarquizadas qualitativamente, mas integram outras gigantes, como é o caso da Amazon e do Facebook.
A lista foi elaborada com base num algoritmo que relaciona os resultados obtidos em análises a 28 variáveis distintas, como a gestão financeira, a confiança dos investidores, a inovação, (...)

Fake news: jovens vão ser ensinados a distinguir “o Norte e o Sul”

2018-02-11
Fonte: Público
Foto por: Cortesia de nenetus em FreeDigitalPhotos.net

Estar atento à origem de uma notícia partilhada online, confirmar se a mesma é abordada por um meio de referência ou fazer pesquisas complementares sobre o tema. Estratégias como estas ajudam qualquer utilizador a navegar pelo mundo das notícias falsas, mas estas são dirigidas em especial a jovens. Fazem parte de uma lista criada pelo Centro Internet Segura (CIS) que é parte de uma campanha nacional de alerta sobre as “fake news” lançada no passado dia 6 de fevereiro.

A preocupação do CIS com a profusão das notícias falsas é sintetizada pela sua coordenadora, Sofia Rasgado: “se começarmos todos a alimentar este espaço com notícias falsas às tantas não sabemos bem qual é que é o Norte e qual é que é o Sul”. Ensinar a distinguir entre esses dois polos é a primeira missão desta campanha dirigida a jovens e adolescentes, que se vai prolonga-se durante todo o mês, em colaboração com bibliotecas escolares e associações de pais.
Aos jovens, são passados não só cuidados a ter com a (...)