Ministro dos Transportes e Comunicações da República Democrática de Timor-Leste visita a Sede da AICEP

2019-06-13
Fonte: AICEP
Foto por: AICEP

No passado dia 21 de maio de 2019, a Sede da AICEP, em Lisboa (Portugal), recebeu a ilustre visita de S. Exa. o Ministro dos Transportes e Comunicações da República Democrática de Timor-Leste, Dr. José Agustinho da Silva.

Em visita oficial a Lisboa, onde realizou um conjunto de encontros de trabalho, entre os quais com o seu homólogo português, o Dr. José Agustinho da Silva visitou a Sede da AICEP, tendo cumprimentado a Equipa e o Secretariado e reunido com o Presidente da Direção desta Associação Internacional, encontro este no qual ambos tiveram a oportunidade de trocar impressões sobre várias matérias e, em particular, sobre o relevante contributo dos atuais membros timorenses para o crescimento da AICEP e sobre como pode Timor-Leste crescer e consolidar a sua (...)

Serviço postal austríaco lança selos cripto colecionáveis

2019-06-13
Fonte: CoinTeleghraph
Foto por: Österreichische Post AG

O correio austríaco lançou uma linha de selos cripto colecionáveis, de acordo com um comunicado de 11 de junho.

Segundo o texto, o chamado “selo cripto” é o primeiro selo do mundo autenticado via tecnologia blockchain. O serviço postal teria emitido 150.000 cópias, vendidas a € 6.90 cada.
Depois de comprado, o selo viria em duas partes. Uma figura na parte de baixo, à esquerda, que é estilizada com um unicórnio associado à Ethereum, que funciona como selo comum e pode ser usado para enviar correspondência. Do outro lado, porém, há credenciais que podem ser usadas para autenticar os colecionáveis cripto via blockchain.

Vodafone lança primeira rede 5G em Espanha

2019-06-13
Fonte: AFP
Foto por: Vodafone

A gigante britânica das telecomunicações Vodafone anunciou, no passado dia 10 de junho, que será a primeira operadora de 5G na Espanha, um serviço que oferecerá a partir de sábado usando uma rede oferecida, em parte, pela Huawei, fabricante chinesa envolvida em recente polêmica.

"Espanha estará na vanguarda na implantação do 5G na Europa. Começamos em 15 cidades e chegaremos a mais", anunciou durante uma apresentação em Madri António Coimbra, CEO da Vodafone Espanha.
Para oferecer o serviço móvel ultrarrápido, a empresa usará uma reda provida pela fabricante sueco Ericsson e pela Huawei, informou à AFP um porta-voz da Vodafone.
Entretanto, a empresa não comercializará por enquanto nenhum smartphone 5G da Huawei, depois que a Vodafone anunciou ue suspenderia globalmente a compra de terminais da (...)

Estatuto de "observador associado" é porta de entrada para países da CPLP

2019-06-13
Fonte: DW África
Foto por: DW África

Vários países têm mostrado interesse em integrar a Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) como observador associado. A DW África falou com a especialista Alexandra Magnólia Dias para entender as vantagens.

O estatuto de observador associado da CPLP pode ser uma porta de entrada de países terceiros no espaço lusófono. Este estatuto exige que os Estados partilhem dos princípios orientadores da CPLP, como democracia, boa governação e respeito pelos direitos humanos.
A comunidade é composta por 11 Estados-membros e 19 observadores associados. Recentemente, a Indonésia anunciou que pretende apresentar a sua candidatura. Muitas vezes, a ligação entre os observadores associados e os Estados-membros é pouco óbvia, como os casos da Turquia, do Japão, (...)

Portugal acolhe segunda conferência económica da CPLP no final do ano

2019-06-13
Fonte: Sapo Tek
Foto por: CE-CPLP

O presidente da Confederação Empresarial da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CE-CPLP) disse à Lusa, no passado dia 31 de maio, que a próxima conferência económica desta instituição, reunindo empresários lusófonos, vai ser realizada no final do ano em Portugal.

Posso anunciar que embora não tenhamos ainda data, vamos realizar em Portugal a segunda conferência económica da lusofonia em Portugal, provavelmente no final do ano, mas ainda estamos a negociar com as autoridades nacionais”, disse Salimo Abdula em declarações à Lusa à margem do almoço que reuniu dezenas de empresários e associados da Confederação, em Lisboa.
A reunião dos empresários lusófonos surge depois do encontro de 2018, realizado em Maputo, o primeiro deste género desde que a economia passou a ser um dos pilares (...)

G20 quer regras comuns sobre impostos para gigantes de tecnologia

2019-06-13
Fonte: Computer World
Foto por: Adrianna Calvo em Pexels

Os ministros das finanças dos países membros do G20 afirmaram, no passado dia 09 de junho, que chegaram a um acordo com foco em regras comuns contra “brechas” usadas por gigantes de tecnologias para reduzir os impostos pagos. As informações são da Reuters.

Segundo a agência de notícias, o bloco indica novas regras que significarão taxas mais pesadas para empresas como Facebook e Google, além de dificultar que países atraiam investimentos de multinacionais com a promessa de impostos corporativos extremamente baixos.
Em um comunicado, aponta a Reuters, o grupo diz que irá “redobrar os esforços para uma solução baseada em consenso com um relatório final em 2020”.
No momento, temos dois pilares e sinto que precisamos dos dois pilares ao mesmo tempo para isso funcionar. As (...)

“As pessoas estão mais conscientes dos seus dados pessoais”

2019-06-13
Fonte: Diário de Notícias
Foto por: rawpixel.com em Pexels

O professor de ‘big data analytics’ na Universidade de Cambridge, David Stillwell, considera que as pessoas estão mais conscientes dos seus dados pessoais, mas ainda desconhecem os direitos expressos no Regulamento Geral da Proteção de Dados (RGPD).

David Stillwell, que lidera o centro de psicometria de Cambridge, publicou em 2013 um artigo científico onde concluía que através da atividade no Facebook era possível traçar um perfil e prever comportamentos de personalidade de um utilizador com fiabilidade, disse, em entrevista à Lusa, que após este trabalho as pessoas ficaram mais conscientes dos dados pessoais que estão disponíveis.
“A razão porque publicámos [este artigo] foi para demonstrar que estes dados [como colocar um ‘gosto’ na página da rede social (...)

Gigantes digitais prometem medidas contra 'conteúdos extremistas' na internet

2019-06-13
Fonte: Globo
Foto por: rawpixel.com em Pexels

As principais empresas digitais se comprometeram, no passado dia 15 de maio, a tomar uma série de medidas para erradicar o conteúdo extremista na Internet, como parte de uma iniciativa lançada em Paris após o ataque em Christchurch na Nova Zelândia.

A disseminação desse tipo de conteúdo online tem um impacto negativo nos direitos humanos” e “na nossa segurança coletiva”, disseram os signatários desta iniciativa, incluindo Google, Twitter, YouTube e Facebook, após uma reunião realizada em Paris. com os líderes mundiais.
Esta mobilização internacional, batizada de “chamado de Christchurch” foi iniciada pela primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, e o presidente francês, Emmanuel Macron, dois meses após o ataque a duas mesquitas na Nova (...)

Google pretende revolucionar as empresas com Cloud 2.0 que dispensa servidores de dados

2019-06-13
Fonte: Sapo Tek
Foto por: Sapo Tek

A Google realizou em Lisboa, no Pavilhão Carlos Lopes, mais uma conferência dedicada às tecnologias em torno da computação em cloud, machine learning e inteligência artificial, com especial realce da sua utilização pelas empresas portuguesas. O evento Cloud Day reuniu executivos das empresas, engenheiros, parceiros e clientes, mostrando como a solução Google Cloud pode transformar as empresas, sejam elas pequenas ou grandes, em qualquer sector de atividade.

Jorge Reto, head of Google Cloud em Portugal, voltou a assumir o palco, ano e meio depois da divisão ter chegado a Portugal, manifestando felicidade por ter “o dobro das pessoas registadas no evento do ano passado”. Jorge Reto destacou que este Cloud Day é o evento mais importante da gigante tecnológica em Portugal, com o nosso país a ser o primeiro país a nível mundial a realizá-lo.
Já Bernardo Correia, Country Manager da Google em Portugal, refere que o Digital em Portugal já vale 4,6% da economia, (...)

Google fatura 4,1 mil milhões com conteúdos dos media

2019-06-13
Fonte: Dinheiro Vivo
Foto por: Caio Resende em Pexels

A Google poderá ter faturado 4,7 mil milhões de dólares (ou 4,16 mil milhões de euros) com os conteúdos produzido pelos meios de comunicação social e difundidos pelo motor de pesquisa e do agregador de notícias Google News, admite um estudo da News Media Alliance. Há dez anos (2008), a Google News gerava apenas 100 milhões de dólares (88,4 milhões de euros).

Segundo o estudo divulgado, as notícias produzidas pelos meios de comunicação social são usadas para atrair utilizadores. O documento realça que 16% a 40% dos resultados do motor de busca são notícias. A questão central é que a Google “não paga aos meios por essa utilização”, avança a News Media Alliance em comunicado. Esta organização norte-americana representa mais de duas mil empresas de conteúdos nos EUA.
Os produtores de notícias têm de continuar a investir na qualidade do jornalismo e não podem fazê-lo se as (...)