Correios britânicos modernizam portefólio com a portuguesa OutSystems

2018-12-07
Fonte: Notícias ao Minuto
Foto por: OutSystems

OutSystems anunciou, no passado dia 28 de novembro, que a retalhista de serviços postais e financeiros britânica Post Office está a utilizar a plataforma da portuguesa OutSystems para impulsionar a inovação da empresa.

"Como parte do investimento estratégico para a modernizar os seus negócios, a Post Office contratou a OutSystems para ajudar a disponibilizar uma nova aplicação móvel, que promova os produtos financeiros da empresa para viagens", segundo um comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso.
A nova aplicação permite que os clientes comprem e façam a gestão de um Travel Money Card e, ao mesmo tempo, façam um seguro de viagem. A OutSystems diz que desenvolveu, testou e lançou a aplicação em quatro (...)

Novas regras para comprar online na UE

2018-12-07
Fonte: Sapo Tek
Foto por: Pexels/ negativespace.co

É o fim anunciado do geoblocking: desde dia 3 de dezembro pode fazer compras com os mesmos preços e com as mesmas condições noutro país da União Europeia como se estivesse “em casa”.

O termo geoblocking não se traduz numa só palavra em português, mas é isso que está em causa, mais precisamente o seu fim. Depois de terem sido aprovadas em fevereiro, as regras que terminam com este “bloqueio geográfico” existente em relação aos produtos e serviços adquiridos ou relacionados com a internet já se aplicam.
Na prática permitem que os consumidores façam compras online noutros Estados-membros da União Europeia sem serem bloqueados ou redirecionados para uma versão diferente do website, ou seja, (...)

Alibaba passa à frente da Apple e da Google e estreia plataforma de pagamentos em Portugal

2018-12-07
Fonte: Sapo Tek
Foto por: Alibaba

O Alipay já está disponível para comprar online nos sites e apps de várias marcas portuguesas, que vão desde o retalho à restauração, passando pelos produtos de beleza e pela joalharia.

Hoje na China já não precisamos de carteira: só do smartphone” referiu Roland Palmer, Head do Alipay para a região EMEA, chamando a atenção para a relação que os chineses têm atualmente com o seu telefone. Na verdade, olhar para o mercado chinês nesta altura “é ver o futuro do que vamos todos experienciar daqui a uns anos na Europa”, defendeu o responsável.
A intervenção, durante aquela que foi a primeira conferência, de facto, do Alibaba Group em Portugal, serviu para oficializar o lançamento do Alipay, numa altura em (...)

Para a Comissão Europeia, 5G é estratégico não apenas para setor de Telecom

2018-12-07
Fonte: Teletime
Foto por: Comissão Europeia

Philippe Lefebvre, head do setor de estratégia de 5G da Comissão Europeia, participou, no passado dia 28 de novembro, no evento 5G Brasil Global Event, realizado pelo grupo 5G Brasil no Rio de Janeiro. Lefebvre relatou como a Comunidade Europeia e os estados membros estão a tratar as políticas do 5G. Pela primeira vez, destacou, todos os governos europeus estão a terminar a regulamentação ao mesmo tempo para 5G, porque existe a visão do papel estratégico que a nova tecnologia desempenha para o desenvolvimento da Europa.

Em conversa com este noticiário, ele destacou que a Europa de certa forma perdeu a primeira onda da Internet e não conseguiu criar nenhuma das grandes empresas que hoje dominam o setor, mas que tem uma visão diferente para a Internet industrial. "Por esta razão vemos o 5G como uma oportunidade de inovação em diversos setores". Segundo ele, dos 140 testes que estão sendo conduzidos com tecnologias 5G na Europa, pelo menos metade inclui verticais específicas de outros setores da economia que podem se beneficiar dos novos conceitos de (...)

Velocidade média da internet móvel já é mais rápida do que o Wi-Fi em 33 países

2018-12-07
Fonte: Sapo Tek
Foto por: Pexels

No mundo ocidental, é normal que uma boa ligação de Wi-Fi seja mais rápida do que a velocidade média do seu pacote de dados móveis, mas de acordo com a OpenSignal, não é bem isso que acontece em 33 países que foram avaliados.

O estudo da analista mostra que a diferença chega mesmo a ser abismal em alguns dos casos revistos. Apesar de o Wi-Fi ser claramente superior em países como Hong Kong, Singapura, Coreia do Sul e Estados Unidos, a internet móvel LTE acaba por registar diferenças face à rede wireless que chegam aos 25Mbps em territórios como o Líbano.
Austrália, Qatar, Omã e Grécia são os outros países que compõem o top 5 de Estados onde a diferença entre velocidades mais se acentua.
A OpenSignal sugere que as fabricantes e os utilizadores devem (...)

Internet das coisas deve ter 4,1 bi de conexões celulares em 2024

2018-12-07
Fonte: Inova
Foto por: Pexels

As conexões de internet das coisas (IoT, na sigla em inglês) que usam a rede celular devem chegar a 4,1 bilhões em 2024, segundo estudo recente da Ericsson.
 

A expectativa para o final deste ano é de cerca de 1 bilhão.
Até o momento, o IoT tem sido caracterizado por um grande número de conexões, volumes pequenos de dados e, em alguns casos, requisitos rigorosos de consumo de energia”, apontou o relatório.

Novas aplicações
A chegada da quinta geração das comunicações móveis (5G) vai permitir novas aplicações.
Muita gente pensa que o 5G trará somente um aumento de velocidade, mas não é só isso”, (...)

Blockchain: O Futuro está aqui, agora

2018-12-07
Fonte: José Reis Santos/ Visão
Foto por: Pexels

“Hoje escrevo como CEO e fundador da DKJ International, empresa que montei há um par de meses, e que trata de fornecer soluções, consultadoria e advisory nas áreas das cryptomoedas e blockchain. É como sabem uma nova área, com vastas implicações, que existe desde que Satoshi Nakamoto assinou em 2008 o white paper que introduziu os conceitos de Bitcoins (a primeira crytomoeda) e a inovadora tecnologia na sua base, blockchain.

Na base deste paper estava a criação de um sistema financeiro alternativo ao dominado pela grande finança e banca internacional que, recordemos, esteve na origem da crise de 2008 mundial, crise paga por contribuintes em todo o mundo e de impacto social fortíssimo (recentemente o Expresso contabilizou que, desde 2008 os contribuintes portugueses pagaram em média 15 euros por mês para resgatarem 5 instituições bancárias nacionais). Na base da crise de 2008, entre outras causas, encontra-se o excessivo poder concentrado na mão de um conjunto de (...)

Há novas regras para TV e Vídeo Streaming

2018-12-07
Fonte: APDC
Foto por: Pexels

Acaba se ser aprovada pelo Conselho Europeu a nova Diretiva Europeia de Serviços de Comunicação Audiovisual, que vai ser aplicada a plataformas como a Netflix, YouTube e Facebook, nomeadamente para proteger as crianças de conteúdos violentos. A legislação deverá ser transposta pelos Estados-membros no prazo de 21 meses, depois de publicada no Diário Oficial da União Europeia.

A Diretiva foi aprovada pelo Parlamento Europeu no início de outubro, tendo agora o último passo da sua aprovação, com a luz-verde do Conselho Europeu. Tem como principal objetivo garantir “uma melhor proteção do público, e em especial dos menores, face a conteúdos violentos ou nocivos e a discursos de incitação ao ódio”.
Pretende-se ainda que a televisão tradicional e as plataformas de conteúdos digitais concorram nas mesmas condições.
Assim, há limites para a publicidade, que estará restrita até ao máximo de 20% (...)

AT&T prepara plataforma OTT com conteúdos da Warner Bros, Turner e HBO

2018-12-07
Fonte: Meios e Publicidade
Foto por: AT&T

Depois de terem sido conhecidos os planos da Disney para lançar em 2019 uma plataforma OTT própria, é agora a vez de a “WarnerMedia” se colocar em rota de concorrência com o “Netflix”.

A empresa, cuja nova designação foi adoptada na sequência da aquisição da Time Warner por parte da operadora de telecomunicações AT&T, servirá de base para um novo serviço de streaming de vídeo que juntará numa única plataforma filmes, séries e outros formatos de programação da Warners Bros., Turner e HBO. De acordo com o Wall Street Journal, a AT&T pretende desta forma capitalizar o investimento realizado na aquisição da Time Warner, estando a preparar o lançamento, no último trimestre de 2019, de uma plataforma OTT com três níveis (...)

Moçambique espera arrecadar 73,4 milhões de euros com leilão de frequências móveis

2018-12-07
Fonte: Observador
Foto por: Pexels

O leilão de frequências para operadores móveis de telecomunicações realizado em novembro visava introduzir novos serviços de voz e dados, tais como ligações 4G.

O Estado moçambicano espera arrecadar 83,4 milhões de dólares (73,4 milhões de euros) com o leilão de frequências para operadores móveis de telecomunicações realizado em novembro, anunciou esta segunda-feira em comunicado.
“O pagamento da primeira prestação, correspondente a 34% do valor, deverá ocorrer no ato da consignação das frequências e os restantes pagamentos, correspondentes a 33% cada, ocorrerão nos anos de 2019 e 2020, respetivamente”, anunciou o Instituto Nacional de Comunicações em comunicado.