Agenda Digital da CPLP

2020-03-13
Fonte: CPLP /ARCTEL

No passado dia 4 de junho de 2018, passados menos de dois anos desde a reunião dos ministros responsáveis pelas Comunicações da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), realizada em Maputo em 2016, foi aprovada em Malabo, Guiné Equatorial, a Agenda Digital para a CPLP.

 O estudo preparatório, realizado com o apoio da União Internacional das Telecomunicações (UIT), sobre a elaboração de uma Agenda Digital para a CPLP, permitiu reunir informação diversa sobre o sector das comunicações e das TIC nos Estados Membros da CPLP, bem como retirar várias conclusões e análises do estado da arte deste sector. Permitiu ainda reunir um alargado conjunto de informação legislativa e estatística, o qual, doravante, passará a ser uma sólida base de acervo para a monitorização e acompanhamento das medidas, e seus (...)

Lançamento em Portugal da iniciativa Keep Me Posted - O Direito à Escolha do Cidadão

2020-03-13
Fonte: CTT – Correios de Portugal
Foto por: CTT – Correios de Portugal

Os CTT, a APIGRAF - Associação Portuguesa das Indústrias Gráficas e Transformadoras de Papel e a CELPA - Associação da Indústria Papeleira lançaram a campanha de comunicação «Keep Me Posted – O Direito à Escolha do Cidadão», que visa promover uma escolha informada do cidadão sobre a forma de receber a sua correspondência.

A campanha é divulgada na Rede de Retalho, até 10 de abril de 2020, através de cartazes e trípticos disponibilizados em 519 pontos de acesso, em todo o país (Lojas CTT e Postos de Correios). Também, hoje, é lançado o site www.keepmepostedportugal.pt, criado pelos parceiros para fomentar um cabal esclarecimento público, com vista à preservação do direito à livre escolha de todos os cidadãos.
A iniciativa, que replica em Portugal a campanha europeia “Keep Me Posted EU”, pretende promover o direito do cidadão de escolher a forma como (...)

Governo de Angola anuncia regulação do comércio eletrónico

2020-03-13
Fonte: Plataforma Media / Lusa
Foto por: Cortesia de Stuart Miles em FreeDigitalPhotos.net

O governo de Angola vai regular a atividade económica que ocorre nas plataformas digitais, um primeiro passo para a criação do quadro legal para reger o comércio eletrónico, disse no passado dia 20 de fevereiro, em Luanda, o secretário de Estado das Telecomunicações e Tecnologias de Informação.

Manuel Homem, que falava num seminário consagrado à regulamentação do comércio eletrónico, adiantou que o quadro legal deverá determinar a necessidade ou não de submissão da atividade a imposições fiscais.
O secretário de Estado, citado pelo Jornal de Angola, adiantou estar a ter lugar uma utilização aumentada dos serviços eletrónicos no país, sendo fundamental a imposição de um quadro legal que ampare o exercício desta atividade.
Nesta altura, prosseguiu, está decidida uma operação que pretende apurar o número de empresas (...)

Libanesa Africell selecionada para 4.ª operadora de telecomunicações em Angola

2020-03-13
Fonte: RTP
Foto por: Africell

A libanesa Africell foi a candidata selecionada pelo Governo angolano para apresentar uma proposta que visa a atribuição de uma licença para se tornar a quarta operadora de telecomunicações em Angola.

Segundo o Grupo de Trabalho Interministerial - constituído pelos ministros das Finanças, das Telecomunicações e Tecnologias de Informação e da Economia e Planeamento - três empresas requereram peças do concurso (a MTN da África do Sul, a Africell Holding SAL do Líbano e o BAI Investimentos de Angola), mas só a libanesa formalizou a candidatura.
"A Comissão de Avaliação, após ter procedido ao exame formal dos Documentos de Candidatura submetidos pela candidata Africell Holding SAL, deliberou por unanimidade a sua qualificação e que a (...)

MOZTECH 2020

2020-03-13
Fonte: MOZTECH
Foto por: MOZTECH

Nos próximos dias 14 e 15 de maio, irá realizar-se a 7.ª edição da Feira Expo Digital de Moçambique – MOZTECH, na cidade de Maputo, este ano subordinada ao tema «Transformação Digital».

O enfoque dos temos escolhidos para esta edição foram inspirados na Agenda das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, que tem um enfoque particular em África e nos desafios que o continente enfrenta.
Esta escolha pretende destacar os progressos do país e disseminar conteúdos que possam contribuir para o posicionamento de Moçambique, como referência em África na preconização e prossecução dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.
Os enfoques temáticos 2020:
• Tema 1: O Futuro Digital – Moçambique e a (...)

Tecnologia 5G já é comercializada em 10 países europeus

2020-03-13
Fonte: Notícias ao minuto
Foto por: Kamila Ferreira from Pexels

A tecnologia 5G já é comercializada em 10 países da União Europeia (UE), sendo que Portugal ainda não integra a lista, de acordo com o último relatório trimestral do Observatório Europeu para o 5G divulgado no passado dia 10 de fevereiro.

Segundo os dados do Observatório, criado em 2018 pela Comissão Europeia, "até ao final e 2019, os serviços comerciais de 5G [quinta geração móvel]" estavam disponíveis em 10 países da UE.
Alemanha, Áustria, Finlândia, Hungria, Irlanda, Itália, Espanha, Estónia, Reino Unido e Roménia são os países que disponibilizam, a nível comercial, serviços com esta nova tecnologia.
O Observatório sublinha que "em alguns países há mais que um fornecedor de serviços de 5G", por exemplo no Reino Unido são três, tal como (...)

Comissão Europeia quer criar mercado único de dados que depende do aval dos cidadãos

2020-03-13
Fonte: Observador
Foto por: UE

A Comissão avança que quer criar "um verdadeiro mercado único de dados" na UE e garante que "todos os produtos e serviços baseados em dados respeitam plenamente as regras e valores da UE".

A Comissão Europeia propôs a criação de um mercado único de dados pessoais na União Europeia (UE), permitindo por exemplo a partilha de informações na área da saúde, mas que dependerá sempre do aval dos cidadãos.
Em causa está uma estratégia para “Moldar o futuro digital da Europa”, adotada pelo colégio de comissários europeus, que se reuniu em Bruxelas, prevendo medidas relacionadas com os dados pessoais, a inteligência artificial e a cibersegurança. No documento, a que a agência Lusa teve acesso, Bruxelas explica que (...)

Nem jornal nem operadora de telecomunicações: como o Facebook quer ser regulado

2020-03-13
Fonte: Sapo Tek
Foto por: Facebook

Nem media nem operadora de telecomunicações, mas algures no meio. O presidente executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, diz que o conteúdo que é publicado na rede social deve ser regulado pelos Estados com um modelo algures entre a legislação que existe para os meios de comunicação e a que regula as operadoras de telecomunicações.

Penso que deve haver regulação para conteúdos prejudiciais… há uma questão sobre qual o enquadramento que devemos usar para isto”, afirmou Zuckerberg na Conferência de Segurança de Munique, na Alemanha, perante líderes e responsáveis de segurança de todo o mundo.
“Neste momento, há dois enquadramentos para indústrias já existentes — existem os jornais e os outros media e depois há o modelo das telecoms”, disse. Se os media são responsáveis pelo que publicam, “os dados apenas fluem” pelas operadoras de (...)

Google é a marca tecnológica com mais reputação em Portugal no ranking da OnStrategy

2020-03-13
Fonte: Sapo Tek
Foto por: Google

O estudo Global RepScore analisou os níveis de reputação de marcas de diferentes sectores e, na tecnologia, é a Google a liderar, seguida da Microsoft e do YouTube.

Em Portugal, a Google é a marca mais reputada no sector tecnológico e das poucas com reputação de excelência. A conclusão é do estudo Global RepScore, realizado pela consultora OnStrategy, e que avalia o posicionamento e os níveis de reputação associados a mais de 2.700 marcas a operar em Portugal.
Em comunicado, a empresa garante que a área da tecnologia, juntamente com a do sector alimentar e soluções para crianças, é das que apresenta uma melhor reputação. No caso tecnológico, a Google é a única das restantes empresas a conseguir (...)

Inteligência Artificial chegou para ficar no futuro do trabalho

2020-03-13
Fonte: Convergência Digital
Foto por: Markus Spiske from Pexels

Estamos entrando em uma era em que a inteligência artificial (IA) está nos preparando para um futuro em que pessoas e máquinas possam desempenhar tarefas com mais precisão e rapidez. Ainda não é possível saber precisamente o impacto que a liderança da IA ​​terá nas organizações. No entanto, ela tem a capacidade de aumentar a rapidez da tomada de decisão, trazendo para a sala de reuniões soluções de problemas mais complexos e uma análise de dados mais imparcial do que jamais seria possível de outra forma, tudo isso mantendo a criatividade e a inovação.

Um estudo recente da Infosys, o Leadership in the Age of AI, descobriu que, para 45% das organizações em todo o mundo, as implementações de IA já superam e muito a precisão e a produtividade de atividades humanas comparáveis. Embora essa mudança traga preocupações inevitáveis ​​para os líderes, é importante focar nas possibilidades e entender como a IA pode ser usada para capacitar a tomada de decisão humana no futuro.
A empresa de tecnologia escandinava Tieto se tornou a primeira empresa europeia a nomear um bot de IA para a equipe de (...)