Operadores postais mundiais lançam o primeiro Green Postal Day

2019-10-11
Fonte: CTT - Correios de Portugal

 Os CTT, juntamente com outros 11 operadores postais mundiais, lançaram o primeiro Green Postal Day, uma iniciativa que pretende assinalar os resultados positivos do esforço coletivo que os operadores postais a nível mundial têm vindo a pôr em prática para enfrentar as alterações climáticas e para reduzir as suas emissões carbónicas.

O Green Postal Day conta com o apoio e participação dos diretores executivos dos operadores postais da Australia Post, Austria Post, bpost, Deutsche Post DHL, Le Groupe La Poste, New Zealand Post, Poste Italiane, PostNL, POST Luxembourg, Royal Mail, Swiss Post e CTT Correios de Portugal. No site do Green Postal Day em www.ipc.be/greenpostalday é possível ver casos de estudo sobre os esforços dos operadores postais nesta matéria, bem como vídeos com iniciativas dos participantes.
Para João Bento, CEO dos CTT, “é com satisfação que os CTT (...)

Governo angolano abriu concurso para quarta operadora de telecomunicações

2019-10-11
Fonte: ECO
Foto por: Vanderlei Longo de Pexels

Governo angolano abriu, no passado dia 30 de setembro, uma nova fase de candidaturas para atribuição de licença à quarta operadora de telecomunicações do país, que decorre até ao dia 8 de novembro, depois do primeiro concurso ter sido anulado.

 Segundo um comunicado do Ministério angolano das Finanças (MINFIN), tratando-se de um concurso limitado por qualificação prévia, desenrola-se em duas fases: a primeira, para habilitação dos interessados, até dia 8 de novembro, seguindo-se uma segunda, de submissão das propostas pelos candidatos qualificados.
O MINFIN adianta que a fase de propostas “será restrita aos candidatos que forem qualificados, após apreciação pela Comissão de Avaliação da sua conformidade com os requisitos do concurso”.
Os candidatos (...)

Huawei está já a trabalhar no 6G e espera democratizar a tecnologia dentro de dez anos

2019-10-11
Fonte: Pplware
Foto por: Huawei

A Huawei é líder indiscutível no domínio do 5G. Essa realidade já lhe trouxe problemas com os EUA e Donald Trump, mas a empresa continua com o investimento em investigação e está já a trabalhar no 6G! A gigante chinesa espera democratizar a tecnologia dentro de dez anos.

Naturalmente, a próxima grande geração das redes móveis será ainda mais rápida e poderosa do que o revolucionário 5G… Que em breve chegará em peso a Portugal!
O investimento em 5G está a ser massificado atualmente. As operadoras começam a implementar esta tecnologia que trará muitas mudanças na “conexão do mundo à rede”, nomeadamente a Internet of Things. A tecnologia de objetos autónomos e inteligentes também terá melhores meios para se desenvolver.
Na linha da frente no que toca ao 5G está a Huawei. A empresa chinesa (...)

Quase metade do planeta ainda não tem acesso à internet, aponta estudo

2019-10-11
Fonte: O documento
Foto por: Christina Morillo de Pexels

Em 2019, o acesso à Internet passou a estar disponível a 51% da população mundial. Foi o primeiro ano em que a conectividade ultrapassou a casa dos 50%. Contudo, o índice mostra que, a respeito da Rede Mundial de Computadores ter ganho importância nas mais diversas esferas sociais nos últimos 20 anos, quase metade da população ainda não dispõe desse recurso. A informação é apresentada e discutida no relatório “Estado da Banda Larga 2019“, da Comissão de Banda Larga, grupo que reúne representantes de empresas e das Nações Unidas.

Quando considerados os domicílios, o índice aumenta, chegando a 57,8%. Em 2005, 19% das casas conseguiam navegar na web. Contudo, quando considerada a banda larga fixa, o percentual cai para 14%. Já o ritmo de crescimento de conectividade em lares desacelerou, tendo saído de 53% para 54,8% entre 2017 e 2018. Em países mais pobres, a taxa de crescimento caiu de 19% em 2017 para 17,5% em 2018.
A análise sobre a presença de lares atendidos por serviços de fixas de banda larga é considerada importante por pesquisadores uma vez que as conexões (...)

Como a tecnologia blockchain pode ser inserida em qualquer modelo de negócios?

2019-10-11
Fonte: IPNews
Foto por: Launchpresso de Pexels

A tecnologia blockchain tem estado a ganhar força no mundo inteiro, mostrando que é muito além do bitcoin. O setor que mais utiliza dessa tecnologia ainda é o financeiro, mas o blockchain já está inserido em outros setores. Segundo relatório realizado pela IDC, estima que os gastos mundiais com soluções de blockchain devem chegar a quase US$ 16 bilhões em 2023. Somente para este ano, a expectativa é de que os gastos utilizados com a tecnologia blockchain saltem 80% em relação a 2018.

Fundada em 2011, a Rhizom desenvolveu o primeiro protocolo escrito 100% do zero na América Latina, que oferece alternativa de ecossistema para desenvolvimento de soluções baseadas em Blockchain de forma mais rápida, segura e inteligente. Em julho deste ano a Rhizom iniciou a sua operação de venda, e desde então aumentou consideravelmente a procura por sua solução em blockchain, principalmente por clientes interessados em Rastreabilidade e Tokenização de ativos. Até o momento a empresa cresceu 334% a sua faturação nos último (...)

O uso de inteligência artificial e o respeito aos princípios e garantias fundamentais

2019-10-11
Fonte: NSC/ ITM
Foto por: IT Forum X

A Inteligência Artificial (I.A.) vem sendo aprimorada e testada por décadas. A sua utilidade ganhou ainda mais aplicabilidade nos últimos anos. Esta vem sendo usada em diversas ferramentas utilizadas diariamente que viabilizam melhores rotas de trânsito, preferência de música, filmes, localização de pessoas desaparecidas ou até mesmo identificação de um foragido da justiça através do reconhecimento facial.

Segundo relatório da Organização Mundial de Propriedade Intelectual (OMPI), cerca de 170 mil pedidos de patentes na área de Inteligência Artificial foram feitos a partir de 2013. Essa velocidade na produção de soluções de I.A. e os impactos devem ser analisados com atenção no que tange à privacidade e outros direitos fundamentais, como a igualdade e não discriminação.
Para melhor compreender o debate é importante esclarecer que a I.A. é desenvolvida com o intuito de simular o pensamento humano, garantindo ao dispositivo a tomada de (...)

Amazon está a desenvolver as suas próprias leis de reconhecimento facial

2019-10-11
Fonte: Notícias ao minuto
Foto por: Amazon

CEO da Amazon, Jeff Bezos, anunciou que a empresa se encontrar a desenvolver as suas próprias leis de regulamento de reconhecimento facial, adiantando que pretende eventualmente partilhá-las com legisladores federais dos EUA.

A nossa equipa de política pública está a trabalhar em regulamentos de reconhecimento facial; faz muito sentido regular isso. É um exemplo perfeito de algo que tem muitos usos positivos por isso não quererias travá-lo. Mas, ao mesmo tempo, há potencial para abusos para este tipo de tecnologia, por isso queres regulamentos”, explicou Bezos de acordo com o Recode.
O anúncio foi feito no evento anual da Amazon dedicado à apresentação de novos produtos da empresa, um catálogo que está cada vez mais completo no que diz respeito à implementação da assistente (...)

Startups brasileiras e portuguesas em Macau à procura de investidores chineses

2019-10-11
Fonte: Lusa
Foto por: Eduardo Dutra de Pexels

Quase duas dezenas de ‘startups’ portuguesas e brasileiras participam na Semana Internacional de Macau de Startups para captarem investidores e parceiros no mercado chinês, disseram alguns dos seus responsáveis à agência Lusa.

Depois da participação na Semana Internacional de Macau de Startups, os representantes das 17 empresas lusófonas têm agendado um circuito por três das cidades que integram a Grande Baía, uma metrópole mundial que Pequim está a criar numa região com mais de 70 milhões de habitantes e que engloba também Macau e Hong Kong. “O principal alvo é o mercado da Grande Baía, conectar com investidores”, explicou à Lusa o director-geral da incubadora e aceleradora brasileira Startup Rio.
Por outro lado, há também o (...)

Europa lançará satélites com inteligência artificial na órbita da Terra

2019-10-11
Fonte: Tecmundo
Foto por: Pixabay de Pexels

Em breve, a Agência Espacial Europeia (ESA) deverá lançar em órbita uma dupla de satélites em miniatura conhecidos como CubeSats para estudar o nosso planeta e a novidade é que os equipamentos levarão a bordo um sistema de inteligência artificial batizado de PhiSat – ou ?-Sat. A iniciativa faz parte da missão FSSCat, proposta pela Universitat Politècnica de Catalunya, na Espanha, foi desenvolvida por um consórcio europeu e a IA terá como tarefa tornar o envio dos dados coletados à Terra mais eficiente e rápido.

IA espacial
Os CubeSats têm tamanho equivalente ao de uma caixa de sapato e, além de levar o sistema de inteligência artificial a bordo, contarão com uma câmera hiperespectral e instrumentos de micro-ondas, além de dispositivos para a realização de experimentos em órbita e testes relacionados com a tecnologia de comunicação entre satélites.
Os equipamentos deverão conduzir levantamentos e coletar dados que permitam a realização do monitoramento da cobertura vegetal e da qualidade da água, entre outras tarefas, e o (...)

Angola: "O sector vai crescer exponencialmente nos próximos anos"

2019-09-09
Fonte: Expansão
Foto por: Pexels/ Pixabay

O ministro Carvalho da Rocha acredita que em três anos este sector vai mudar de forma significativa. Aumentos enormes nos clientes da rede móvel e serviço de net, novos operadores do mercado, privatizações de empresas e lançamento do satélite.

Foi publicado recentemente em Diário da República o Livro Branco das Tecnologias de Informação e Comunicação (2019 - 2022), onde estão plasmados os objetivos do sector para os próximos anos, como o aumento de 48% do número de clientes de telemóveis e de 85% para os utilizadores de Internet. Para muitos, um crescimento demasiado otimista. Não acha?
Em primeiro lugar gostava de dizer que o Livro Branco é para nós a nossa Bíblia. E deixe-me fazer um pouco de História - em 2000 foi lançado o Livro Branco para as (...)