“Cibersegurança Após o COVID-19”

2020-07-16
Fonte: AICEP
Foto por: AICEP

A Associação Internacional das Comunicações de Expressão Portuguesa (AICEP) e a multinacional de telecomunicações angolana, Angola Cables, realizaram mais um webinar com a finalidade de debater a “Mudança e Estratégia para o Futuro” das Comunicações no Pós-COVID-19, desta vez especificamente subordinado ao tema “Cibersegurança Após o COVID-19”.

A segunda conferência deste Ciclo de Conferências foi subordinada ao tema “Cibersegurança Após o Covid-19” e realizou-se no passado dia 15 de julho, pelas 10H00 do Brasil; 14H00 de Angola e Portugal; 12H00 de Cabo Verde; 13H00 de São Tomé e Príncipe; 15H00 de Moçambique; 21H00 de Macau e 22H00 de Timor-Leste e teve como Keynote Speaker Nádia Ribeiro (Líder do Gabinete Jurídico da Angola Cables) – que também moderou a sessão – e como Oradore(a)s Magda Cocco (Partner na Vieira de Almeida & Associados, Portugal); Michel Grispos (Direção de Regulação da Vodacom Moçambique) e Rômulo Alexandre (Partner na Albuquerque Pinto Advogados, Brasil).
Os mais de 100 participantes que assistiram em todo o mundo a esta conferência, puderam, desta forma, ver e ouvir o(a)s referido(a)s oradore(a)s a partilhar a sua visão e as suas reflexões sobre o impacto que esta pandemia provocada pelo coronavírus está a ter nas atividades das organizações e que desafios novos surgem para operadores, autoridades reguladoras e consumidores e clientes, em particular no que respeita à cibersegurança.
Neste muito dinâmico e participativo debate, todos tiveram também a oportunidade de ouvir o Presidente da Direção da AICEP, João Caboz Santana, referir, na abertura desta conferência, que “o COVID-19 tem sido um grande acelerador do processo de digitalização a nível global, realidade esta que, há uns meses, parecia ainda distante para algumas zonas geográficas do planeta, tendo o Digital tornado-se, de um momento para o outro, o palco de quase todas as nossas interações.
No entanto, “o ecossistema digital não estava totalmente preparado para esta súbita mudança de paradigma de vivência social, o que trouxe desafios complexos e acrescidos para Estados, para os cidadãos e para as organizações e expôs de forma significativa as fragilidades do estado de preparação e dos diferentes quadros jurídicos desenhados para mitigar os impactos do cibercrime e dos riscos da segurança da informação com que nos deparamos online”, disse ainda o Presidente da Direção da AICEP.
A próxima conferência deste Ciclo de Conferências realizar-se-á no próximo dia 12 de agosto, nos mesmos horários lusófonos, subordinada ao tema “e-Commerce em Tempos de COVID-19”.

Julho 2020

 

Bookmark and Share