Líderes das Comunicações Lusófonas debateram em Viseu (Portugal) “O Digital e o Futuro dos Negócios”

2019-12-08
Fonte: AICEP
Foto por: AICEP

Realizou-se no Montebelo Viseu Congress Hotel, em Viseu (Portugal), o “Encontro de Altos Dirigentes” 2019 da Associação Internacional das Comunicações de Expressão Portuguesa (AICEP) subordinado ao tema “O Digital e o Futuro dos Negócios”.

Este Encontro reuniu Presidentes, CEO’s, Administradores, Diretores e outros Altos Dirigentes das empresas operadoras de comunicações (correios, telecomunicações e conteúdos de televisão) e dos órgãos reguladores do setor, membros da AICEP, dos 9 Países e Territórios de Língua Oficial Portuguesa (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Macau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste) que constituem o Universo desta Associação Internacional e potenciou uma vez mais a partilha de conhecimento entre todos os intervenientes, não tendo faltado no programa os habituais momentos sociais entre todos os participantes para que pudessem consolidar e fortalecer as relações pessoais e profissionais entre todos e assim a própria AICEP.
Estamos a viver um dos mais extraordinários e transformadores tempos na História da Humanidade. A ubiquidade do digital na sociedade dos nossos dias há muito que deixou de ser uma opção na transformação dos modelos de negócio e dos negócios em si. De facto, a transformação interna é imperiosa para que as empresas e quaisquer outras entidades se possam reinventar e apresentar sob uma nova dinâmica atraindo novos clientes e conquistando espaços de oportunidade que o digital traz consigo.
As fronteiras de mercado e geográficas esbatem-se e a estratégia de mercado tem que ser profundamente revista independentemente da área de atuação. Desde o modelo de negócio, aos processos até ao portfólio, toda a cadeia de valor de uma empresa, entidade e organismo deve, em jeito de conformidade com o futuro, estar totalmente alinhado com as principais tendências tecnológicas.
A sobrevivência depende cada vez mais da capacidade de reinvenção e, nalguns casos, mesmo de mutação.
Para isso é necessário entender as tendências que alavancam esta transformação digital e que fazem parte dos negócios do futuro: Big Data e Analítica; Inteligência Artificial e Cognitiva; Indústria 4.0 e IoT até ao tema premente do 5G, Redes do Futuro e Gamificação, são alguns dos tópicos que deverão ser acompanhados pelo setor das comunicações, mais especificamente as atividades de correios e encomendas, as telecomunicações e comunicações eletrónicas, os conteúdos e media, assim como os respetivos órgãos reguladores, de modo a garantir que vencem os seus concorrentes, que surgem de áreas inesperadas, na corrida pela conquista e retenção dos seus clientes e utilizadores, cada vez mais exigentes e assertivos nas suas necessidades e desejos.
São, aliás, estes utilizadores, muitos deles pertencentes à Geração Z, aqueles para quem os robots desta era das máquinas mais sentido poderão fazer, sedentos que são de novas abordagens e de novos serviços, que resolvam em pleno as suas necessidades e os seus sonhos; convencidos que estão de que uma simples aplicação (app) já não os delicia nem serve os seus propósitos. “(…) Enquanto não alcances não descanses. De nenhum fruto queiras só metade”, proclamava Miguel Torga, certamente em jeito de antevisão daquilo que o futuro a todos trará e de todos, desde fornecedores a consumidores, exigirá.
Mas como referiu João Caboz Santana, Presidente da Direção da AICEP, na sessão de abertura deste evento, na qual igualmente participou António Almeida Henriques, Presidente da Câmara Municipal de Viseu, “uma questão que, muitas vezes, se nos coloca a todos é se neste contexto de mudança e nesta transformação para o digital não haverá lugar para nós, pessoas, se não haverá lugar para a Humanidade e se somos nós que estamos a conduzir toda esta mudança e transformação ou se estamos a ser conduzidos pela mesma. A resposta é inequívoca: na base da transformação para o digital estão as pessoas e tudo aquilo que não pode ser digitalizado ou automatizado será extremamente valioso. Criatividade, imaginação, intuição, emoção, ética. Estas características humanas, entre outras, não podem ser digitalizadas e automatizadas e serão ainda mais importantes e valiosas no futuro”.
Por tudo isto, a edição deste ano do “Encontro de Altos Dirigentes” (EAD) desta Associação Internacional, mantendo a sua pretensão de partilha de conhecimento entre todos os intervenientes, focou-se no tema “O Digital e o Futuro dos Negócios” e a forma como as organizações, designadamente as associadas da AICEP, através da Inovação, podem criar valor, seja para os seus clientes, seja para os respetivos mercados, seja para a sociedade em geral e tudo isto sem esquecer as pessoas, o seu maior e mais valioso ativo.
Através do link abaixo, poderá consultar o programa deste evento, as apresentações efetuadas, as principais conclusões que resultaram, bem como visualizar as fotografias tiradas durante o mesmo.

Link Galeria fotos

Link das Apresentações EAD 2019

Poderá, igualmente, visualizar abaixo o filme produzido neste Encontro.

Novembro 2019

 


Bookmark and Share