General Floriano Peixoto assume Presidência dos Correios do Brasil

2019-07-14
Fonte: ECT - Correios do Brasil
Foto por: ECT - Correios do Brasil

Tomou posse no passado dia 24 de junho, em cerimónia no Palácio do Planalto, em Brasília, o Presidente dos Correios, general Floriano Peixoto Vieira Neto. A posse foi conduzida pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro. Participaram ainda da solenidade o Vice-Presidente Hamilton Mourão; o Presidente do Supremo Tribunal Federal, Ministro Dias Toffoli; e a Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, entre outras autoridades e parlamentares.

O Presidente Jair Bolsonaro agradeceu ao general por ter aceitado o convite que segundo ele, traz muitos desafios. “Sabemos da importância e da história dos Correios e temos a certeza de que ele (Floriano Peixoto) fará o melhor para ajudar na recuperação dessa instituição”, disse o Presidente da República.
Em seu discurso, Floriano Peixoto discorreu sobre a necessidade de fortalecimento da estatal diante dos tempos atuais, marcados pelo avanço da tecnologia. “Os Correios têm o desafio de acompanhar a tendência mundial, adotando um modelo de negócio mais rentável; de ampliar sua rede de clientes e canais através de parceiros, obtendo menores custos e, principalmente, buscando a satisfação dos usuários. Esse é o nosso principal objetivo”, enfatizou o general.
General-de-Divisão da Reserva desde março de 2014, Floriano Peixoto iniciou sua carreira militar em 1973, na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), em Resende/RJ, graduando-se na Arma de Infantaria, em 1976. Cursou a Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais e graduou-se na Escola de Comando e Estado-Maior do Exército, onde também frequentou o Curso de Política, Estratégia e Alta Administração do Exército. Nascido em Minas Gerais, é formado, ainda, em Administração de Empresas, com MBA em Gerência Executiva.
Integrou, por duas vezes, o componente de Missões de Paz da ONU no Haiti (MINUSTAH). A primeira, como oficial de operações do 1.º contingente brasileiro, e a segunda, na condição de Comandante das Forças Militares da ONU no país (Force Commander), durante o período que incluiu o terremoto. Integrou o Painel Independente de Alto Nível para estudo das Operações de Paz, cujo relatório vem sendo implementado no âmbito do Organismo.
Antes de assumir a direção dos Correios, Floriano Peixoto ocupava o cargo de Ministro-Chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República.

Junho 2019

Bookmark and Share