Painel "Tendências de Evolução: O Que Temos à Nossa Frente”

2019-06-13
Fonte: AICEP
Foto por: AICEP

Este painel do XXVII Fórum AICEP das Comunicações Lusófonas 2019 teve como Key Note Speaker, Rui Lavado, Partner e Managing Director da Management & Capital Advisors e como Moderador, Jorge Cravo, Partner da Leadership Business Consulting. Integraram este painel, Gulamo Nabi, Diretor-Geral da Vodafone Mpesa; Jorge Frazão, Administrador-Delegado da CST - Companhia Santomense de Telecomunicações, e Sara Pires, Presidente do Conselho de Administração da RTC - Radiotevisão Caboverdiana.

Na sua intervenção Rui Lavado partilhou com todos os presentes que a Cadeia de Valor das TIC tem evoluído de forma expressiva, refletindo as novas soluções e que a sua adoção crescente, quer a nível do utilizador final, quer empresarial, tornou-se mais complexa, tendo deixado a natureza mono dimensional, como resultado da emergência de tecnologias transformacionais, incluindo a Cloud, o Móvel, o Big Data & Analytics, o Social, entre outras, fortemente aceleradoras de inovação e a que hoje designamos de nova plataforma das TIC.
Para Rui Lavado, “a natureza emergente desta nova plataforma das TIC e o fenómeno absolutamente global do seu crescimento em todos os continentes e regiões, incluindo especificamente a África Subsaariana, refletem oportunidades de desenvolvimento e de negócio relevantes, determinando também a possibilidade real destas oportunidades serem exploradas no contexto de economias emergentes ou em desenvolvimento (incluindo na ótica da exportação e atração de investimento)”.
Após a intervenção de Rui Lavado, numa interessante mesa redonda, todos os membros deste painel de trabalho tiveram a oportunidade de, no âmbito das respetivas áreas de atividade específicas do setor das comunicações, fazer uma abordagem ao desenvolvimento de oportunidades de negócio no setor das TIC, a qual deverá avaliar o posicionamento atual e a evolução objetiva em dimensões como a procura, a oferta e, entre outros, fatores de competitividade, determinantes do ecossistema das TIC, como as infraestruturas, o talento humano, o acesso a mecanismos de capitalização e de financiamento e a consolidação de capacidades comerciais e em marketing.

Junho 2019

Bookmark and Share