Cooperação a longo prazo: TDM-Mcel e EDM formalizam acordo

2017-10-09
Fonte: TDM
Foto por: TDM

As empresas de base tecnológica TDM - Telecomunicações de Moçambique, Mcel -Moçambique Celular e a EDM - Electricidade de Moçambique celebraram, no passado dia 2 de setembro, em Marracuene, na província de Maputo, um Memorando de Entendimento, para promover uma cooperação sustentável de longo prazo.

Com o ato, as partes acordaram desenvolver uma parceria, visando gerar um impacto significativo nas redes de telecomunicações, na inovação tecnológica e em serviços partilhados a beneficiar as três empresas.
Este memorando, com benefícios recíprocos, prevê o desenvolvimento de infraestruturas das telecomunicações em Moçambique, elevação do conhecimento e investimento e nas empresas, partilha de serviços tecnológicos, de formação, de administração e de logística, visando a eficiência operacional e o potenciar de investimentos, bem como o fornecimento de melhores serviços aos seus clientes.
Ao abrigo do acordo, assinado pelo Presidente do Conselho de Administração da TDM e da Mcel, Mahomed Rafique Jusob, e pelo presidente do Conselho de Administração da EDM, Mateus Magala, as partes irão cooperar em projetos na área de serviços corporativos e de modernização de sistemas de governação institucional, incluindo a gestão e assistência técnica dos sistemas de fornecimento elétrico para alimentar diferentes centros e nós das redes de telecomunicações.
As três empresas vão igualmente operar em conjunto em projetos nas áreas da formação técnica, gestão e de liderança, com vista a potenciar os recursos, para além de plataformas para atendimento a clientes, serviços de telemetria, lojas, serviços móveis e fixos, designadamente internet, linhas alugadas, entre outras.
Intervindo momentos após a assinatura do acordo, Mahomed Rafique Jusob referiu que a conjugação de sinergias entre as partes envolvidas é extremamente importante, pois vai permitir a melhoria dos serviços prestados, a cobertura de maior parte da população e a redução de custos operacionais.
Pese embora os tamanhos desafios que hoje enfrentamos, devido à conjuntura económica nacional e mundial, as empresas juntam-se e demonstram um cometimento maior com o desenvolvimento do País”, frisou o presidente do Conselho de Administração da TDM e da Mcel.
Por sua vez, Mateus Magala disse, na ocasião, que o ato representa o início de uma parceria bancável e assente no cometimento dos recursos humanos das três empresas.
É interessante que tanto a EDM como a TDM e a Mcel comungam uma visão comum de universalizar serviços. Nós universalizamos energia e a TDM e Mcel universalizam a comunicação. Nós queremos ser o pólo de geração de energia na África Austral e a TDM e a Mcel querem ser o pólo de geração da comunicação também na mesma região”, concluiu.

Setembro 2017

 

Bookmark and Share