Banco CTT ultrapassa 200 mil clientes em pouco mais de um ano

2017-09-07
Fonte: Observador/ Público
Foto por: Banco CTT

O Banco CTT ultrapassou os 200 mil clientes pouco mais de um ano depois da entidade financeira ter sido lançada, anunciaram, no passado dia 27 de julho os Correios de Portugal.

"Mais de 700 novos clientes por dia escolheram o Banco CTT desde o início deste ano", referem os Correios de Portugal, adiantando que a instituição financeira "conta já com mais de 200 mil clientes, atingindo uma meta ambiciosa pouco mais de um ano após o início da sua oferta ao público em geral".
Os CTT adiantam que 86% da base de clientes do banco são jovens em idade ativa. "Provámos que era possível criar uma oferta útil, desejada pelas pessoas, e gerar uma relação de confiança como achamos que tem de existir entre clientes e o seu banco", afirma o presidente do conselho de administração do Banco CTT, Francisco de Lacerda, citado em comunicado.
"Os CTT, acionista único do Banco CTT, tem um capital de proximidade de quase cinco séculos, que juntos fazemos questão em honrar", acrescenta. O Banco CTT iniciou a sua oferta ao público em geral em 18 de março de 2016, contando com uma rede de 203 balcões em lojas CTT de todo o país. Em abril passado lançou a sua oferta de crédito à habitação e uma nova aplicação (App) dedicada a este tipo de crédito.

Banco CTT captou mais de 400 milhões em depósitos
Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), os CTT referem que "decorridos apenas 15 meses desde a sua abertura ao público, em Março de 2016, o Banco CTT está presente em todo o país em mais de 200 lojas e conquistou a confiança de mais de 185 mil clientes (tendo já atingido 200 mil clientes na terceira semana de julho), através da abertura de 147 mil contas de depósitos e à ordem".
Nos primeiros seis meses deste ano, o Banco CTT obteve 3,5 milhões de euros de rendimentos, valor que não é comparável com o obtido no ano passado, já que a entidade financeira arrancou em meados de março de 2016.
"É também de realçar a captação de depósitos acima de 420 milhões de euros, dos quais cerca de 252 milhões de euros à ordem", referem os Correios de Portugal.
Sobre a oferta de cartões de crédito Banco CTT, a empresa adianta que estão colocados mais de 25 mil cartões e o crédito pessoal em parceria com a Cetelem BNP Paribas, disponível nas lojas como no 'site' do banco, regista um volume de crédito disponibilizado acima dos 20 milhões de euros.
No primeiro trimestre deste ano, o Banco CTT lançou também crédito à habitação.
"O total de crédito a clientes em 30 de junho de 2017 totalizou cerca de 32 milhões de euros", acrescentaram.
No segundo trimestre deste ano, o Banco CTT recebeu a autorização da ASF - Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões para apresentar produtos seguros aos seus clientes.
"Na segunda metade do ano, o Banco CTT pretende reforçar a aposta no crédito à habitação, melhorando as soluções disponibilizadas aos seus clientes, de forma a tornar o processo cada vez mais ágil e cómodo" e "continuar a crescer em clientes, recursos e crédito concedido é assim o foco para solidificar a presença e potenciar o crescimento no setor bancário português".
Comparando-se o primeiro semestre de 2017 com o período homólogo de 2016, "nota-se algum aumento do peso das áreas de negócios de Expresso e Encomendas e do Banco CTT no total dos rendimentos operacionais recorrentes com uma pequena redução percentual na área de Correio e estabilização na área de Serviços Financeiros", adiantam os CTT, cujo lucro até Junho recuou 44% para 17,7 milhões de euros.

Agosto 2017

Bookmark and Share