CTM toma medidas preventivas para enfrentar o vírus Petya

2017-07-12
Fonte: CTM
Foto por: CTM

A última versão do vírus Petya tem-se expandido amplamente, afetando as operações do sistema informático em organizações públicas ou privadas em todo o mundo.

 

Este vírus prejudicial irá criptar os dados nos computadores infetados e fazer com que o proprietário tenha que pagar um resgate.
O Petya é semelhante ao vírus chamado WannaCry, que também está a usar as vulnerabilidades do sistema operativo da Microsoft (MS17-010) para se espalhar. Para garantir a segurança do servidor de proteção e da rede, a CTM concluiu uma atualização abrangente para suas medidas de segurança e aconselha os clientes a instalarem o patch pelo site oficial da Microsoft: https://technet.microsoft.com/zh-cn/library / Segurança / MS17-010 o mais rapidamente possível. Para além disso, outro patch de segurança foi lançado pela Microsoft no dia 13 de junho e também é sugerida a sua instalação para obter uma maior segurança.
Atualmente, a Microsoft forneceu um patch de segurança relacionado para os sistemas operacionais, incluindo o Windows XP, Windows 2003, que já não deve ser fornecido com a atualização de segurança. Para os usuários do sistema, a CTM sugere atualizar a versão do sistema operacional ou utilizar ferramentas antivírus para detetar erros no sistema de forma a evitar possíveis ataques de vírus. Como este vírus pode aceder aos computadores através de e-mails e de links nos media, os utilizadores devem aplicar uma boa prática de segurança ao usar os computadores, incluindo backup regular de dados importantes, a não abertura de anexos em e-mails não solicitados ou suspeitos; não aceder a links ou fazer download de arquivos ou anexos incluídos em sites não solicitados; e atualizar regularmente seu software antivírus para garantir a segurança da rede.

Junho 2017

 

Bookmark and Share