Movicel tem novos acionistas e um novo Conselho de Administração

2020-02-09
Fonte: Expansão
Foto por: Movicel

A grande novidade é a entrada no INSS no capital da telefónica com uma quota de 25%, um investimento à volta dos 100 milhões de kwanzas, e a nomeação de um administrador executivo por indicação da Vodafone.

A assembleia de acionistas da Movicel, realizada no final do ano passado, definiu a nova estrutura do capital social da telefónica e definiu um novo Conselho de Administração. Nesta altura, estão a recolher as assinaturas para validar a ata, sendo que nas próximas semanas será marcada a data para a escritura da nova estrutura de capital e para o empossamento formal dos novos administradores. A maior novidade é a entrada de um novo acionista, o Instituto Nacional de Segurança Social (INSS), que fica com 25% da companhia, sendo que os restantes acionistas (...)

Novo Conselho de Administração dos Correios de Cabo Verde toma posse

2020-02-09
Fonte: Correios de Cabo Verde
Foto por: Correios de Cabo Verde

No passado dia 3 de fevereiro, na cidade da Praia (Cabo Verde), tomou posse o novo Conselho de Administração dos Correios de Cabo Verde, o qual é constituído por Isidoro Gomes como Presidente, Enilce Fernandes e Osvaldo Borges como Administradores Executivos.

Novo Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos Correios de Cabo Verde
Segundo Isidoro Gomes “os CCV contam com um quadro de pessoal constituído por 180 trabalhadores, distribuído pelas várias categorias profissionais e concelhos do país.
Como se sabe, as relações de trabalho e desenvolvimento das carreiras são reguladas pelo Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), no nosso caso, datado de 1997, ou seja, há 23 anos – provavelmente o PCCS mais antigo do País.
O novo PCCS visa essencialmente a melhoria (...)

Empresa de Correios de Angola focada no expresso e na logística

2020-02-09
Fonte: Jornal de Angola
Foto por: Jornal de Angola

Os Correios de Angola estão a apostar nos serviços de expresso e na criação de bases logísticas como estratégia de revitalização da empresa pública, anunciou, no Lubango, a presidente do Conselho de Administração da companhia de capitais públicos. 

Luísa Andrade disse, no ato de lançamento dos serviços da Protteja Seguros, realizado no passado dia 17 de janeiro, que o Conselho da Administração está focado na ampliação de condições infraestruturais para o incremento das transferências expressas e na criação de base logística, visando atender à procura dos mercados nacional e internacional.
Apesar dos Correios de Angola estarem na lista das empresas estatais a serem privatizadas, a liderança continua à procura de estratégias para incrementar a base de clientes e um volume de (...)

Raul Galamba será o novo Presidente do Conselho de Administração dos CTT - Correios de Portugal

2020-02-09
Fonte: CTT – Correios de Portugal
Foto por: CTT – Correios de Portugal

Raul Galamba de Oliveira aceitou o convite que lhe foi endereçado por diversos acionistas dos CTT para assumir o cargo de Presidente do Conselho de Administração da empresa, indicou no passado dia 7 de fevereiro a empresa de serviço postal em comunicado enviado à CMVM.

De acordo com o texto, "na sequência da manifestação de indisponibilidade do atual presidente do conselho de administração, António Gomes Mota, para exercer funções num novo mandato a iniciar em 2020, a acionista Manuel Champalimaud SGPS, SA (...) em conjunto com outros acionistas, endereçou um convite a Raul Galamba de Oliveira, por este aceite, para (...) presidente do conselho de administração".
A Manuel Champalimaud SGPS é a maior acionista dos CTT, com mais de 13% do capital.
A lista de membros dos (...)

Angola Cables na mira de investidores externos

2020-02-09
Fonte: Mercado
Foto por: Angola Cables

A Angola Cables está na mira de vários investidores internacionais, interessados em entrar na empresa, numa altura em que gestão e acionistas conversam sobre a necessidade - e as formas - de se manter o financiamento de projetos, quando faltam quase dois anos para a sua privatização em bolsa, revela o CEO, António Nunes.

Em entrevista a publicar na próxima edição da Rumo, em fevereiro, o responsável lembra os fortes investimentos que a empresa tem feito nos últimos anos e explica que, nesta fase, a privatização “não é o tema, mas sim a capacidade de financiamento deste projecto estratégico angolano”.
Se o Estado decidir investir, não precisamos do sector privado. O nosso drama é que a indústria de telecomunicações é de capital intensivo e só se cresce se se mantiver o investimento a rolar”, sublinha o CEO, lembrando que a (...)

Cabo Verde Telecom afirma que tem planos para o 5G ainda em 2020

2020-02-09
Fonte: Jornal Económico
Foto por: Cabo Verde Telecom

A Cabo Verde Telecom (CVTelecom) tem planos para a implementação da tecnologia móvel de quinta geração (5G) ainda ano decorrer deste ano, anunciou à imprensa o Presidente do Conselho de Administração da empresa, José Luís Livramento.

O 4G está a funcionar bem. Não sou eu que o digo, nós temos todos os dias, ações de recolha de informações, seja através do nosso centro de contacto, seja através das próprias reclamações que recebemos dos nossos clientes, mas, também, através de inquéritos que nós fazemos aos nossos clientes. Portanto, aquilo que nos dizem é que temos uma boa capacidade de cobertura”, afirmou.
José Luís Livramento diz que a cobertura 4G da CVTelecom “quase que já chega a 40% da população”, numa velocidade “muito (...)

Tmcel assegura 200 milhões de dólares “em condições muito boas” para modernização e expansão

2020-02-09
Fonte: A Verdade
Foto por: Tmcel

A Moçambique Telecom, S.A. (Tmcel) quantificou em 350 milhões de dólares norte-americanos (cerca de 21 biliões de meticais) o investimento que necessita para modernizar e expandir a sua rede e os serviços de 4G e 5G para voltar a competir com a Vodacom e Movitel.

Mohamed Rafique Jusob, o PCA da Tmcel, revelou ao @Verdade que a empresa tem “assegurados 200 milhões de dólares (cerca de 12 biliões de meticais) em condições muito boas”.
Criada há pouco mais de 1 anos como forma de assegurar a presença do Estado no estratégico sector das telecomunicações em Moçambique a Tmcel herdou o ónus de um passivo de 24 biliões de meticais, acumulados desde 2012 pelas extintas Telecomunicações de Moçambique (TDM) e Moçambique Celular (mcel).
O @Verdade apurou que estratégia de (...)

Sede da ARECOM acolhe encontro com dirigentes do sector dos transportes e comunicações

2020-02-09
Fonte: ARECOM
Foto por: ARECOM

O novo Ministro dos Transportes e Comunicações (MTC) de Moçambique, Janfar Abdulai, reuniu-se, no passado dia 21 de janeiro, pela primeira vez, com dirigentes das instituições e empresas tuteladas pelo seu pelouro. O encontro teve lugar no Auditório Salomão Júlio Manhiça, na sede da Autoridade Reguladora das Comunicações (INCM), em Maputo.

Participaram quadros seniores do Ministério dos Transportes e Comunicações (MTC), Instituto Nacional das Comunicações de Moçambique (INCM), Instituto Nacional de Meteorologia (INAM), Instituto Nacional dos Transportes Terrestres (INATTER), Instituto Nacional de Hidrografia e Navegação (INAHINA), Moçambique Telecom (TMCEL), Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM), Linhas Aéreas de Moçambique (LAM), Instituto Nacional de Administração e Fiscalização Marítima (INAMAR), Instituto de Aviação Civil de Moçambique (IACM), Escola Superior de Ciências (...)

Unitel STP, S.A.R.L., adere à AICEP

2020-01-13
Fonte: AICEP
Foto por: Unitel STP, S.A.R.L

No passado dia 2 de janeiro de 2020 aderiu à AICEP, como novo membro associado, a nova operadora de telefonia móvel de São Tomé e Príncipe, Unitel STP, S.A.R.L., aumentando, assim, o número de empresas operadoras de telecomunicações presentes na vida desta associação internacional.

A AICEP saúda a entrada deste seu mais recente membro associado, cuja participação no plano de atividades de formação e de cooperação para o desenvolvimento desta associação internacional muito contribuirá para o enriquecimento das referidas atividades.

Janeiro 2020

 

“2020 vai ser um ano de viragem para os CTT”, revela presidente executivo

2020-01-13
Fonte: CTT – Correios de Portugal
Foto por: CTT – Correios de Portugal

O ano de 2020, ano em que se assinalam cinco séculos de correios em Portugal, será um ano “de viragem”, afirma João Bento.

Desafiado pelo ECO a revelar os seus desejos para o próximo ano, João Bento, presidente executivo dos CTT, disse esperar “que se inicie uma nova fase de crescimento dos proveitos” para a companhia.
Para os CTT, o próximo ano é muito relevante, uma vez que se celebram os 500 anos de correio em Portugal e ainda o ano em que termina o contrato de concessão do serviço público universal. Em 2020, deverão ser negociados e estabelecidos os novos termos do novo contrato, algo que João Bento anseia com alguma expectativa.
É (...)