Quer ajudar Moçambique? CTT vão recolher roupas para doar

2019-03-20
Fonte: Notícias ao minuto
Foto por: CTT - Correios de Portugal

Moçambique está a viver um período particularmente difícil e multiplicam-se as ajudas para os milhares de afetados pelo ciclone Idai, já apontado como um dos piores desastres do Hemisfério Sul. Se pretende ajudar, saiba que os CTT - Correios de Portugal vão recolher roupas para enviar para a zonas afetadas.

Esta ação resulta de uma parceria entre a operadora portuguesa e os Correios de Moçambique e começará na próxima segunda-feira, dia 25 de março.
Os interessados em ajudar podem dirigir-se a um dos balcões da operadora de correios, pedir uma 'embalagem solidária', colocar o donativo e o envio será realizado, de forma gratuita.
"Esta ação em colaboração com os Correios de Moçambique envolve todo o universo CTT, em particular a nossa rede de Lojas, que permite de forma ágil e dinâmica transformar esta ação num enorme sucesso (...)

Mensagem do Presidente da Direção da AICEP: Solidariedade para com Moçambique

2019-03-20
Fonte: AICEP
Foto por: AICEP

Moçambique está neste momento a viver uma situação muito difícil motivada pela passagem do ciclone “Idai”, que assolou aquele País, tendo atingido severamente a zona centro, destruindo numa grande extensão a cidade da Beira e não se conseguindo ainda avaliar na sua plenitude o nível de destruição em casas e áreas agrícolas e a perda de vidas humanas, também nas zonas rurais.

Organismos internacionais como a ONU, a União Europeia, a Cruz Vermelha, entre outros, estão já a organizar ajuda em géneros não-perecíveis e em dinheiro e estão a auscultar junto das autoridades moçambicanas e localmente as necessidades prementes.
A Associação Internacional das Comunicações de Expressão Portuguesa (AICEP), enquanto organização internacional que promove a cooperação para desenvolvimento e, assim, também, a solidariedade, não pode deixar de se juntar ao movimento solidário que está a crescer a nível nacional e (...)

Empossados membros do Conselho de Administração da Tmcel – Moçambique Telecom

2019-03-06
Fonte: Olá Moçambique
Foto por: Carta de Moçambique

O IGEPE - Instituto de Gestão de Participações do Estado conferiu posse aos membros do Conselho de Administração da nova empresa, recentemente constituída, a Tmcel - Moçambique Telecom, SA., entidade que resultou da fusão das empresas Moçambique Celular (mcel) e Telecomunicações de Moçambique (TDM).

A cerimónia decorreu, na cidade de Maputo, no passado dia 19 de fevereiro.
Trata-se de Mahomed Rafique Jusob Mahomed, Mário Luís Albino e Binda Celestino Jocker que passam a ocupar, respetivamente, os cargos de Presidente do Conselho de Administração, Administrador para a Área de Administração e Finanças e Administrador para a Área Operacional.
Os três membros, com funções executivas, cujo mandato é de quatro anos, fizeram parte do Conselho de Administração que conduziu, durante 18 meses, o processo de fusão das empresas TDM e (...)

Correios de Angola e Mwango Brain assinam acordo para desenvolvimento de sistema integrado de gestão

2019-03-06
Fonte: Manifexto/Correios de Angola

No passado dia 18 de fevereiro, os Correios de Angola e a Mwango Brain, S.A., empresa de direito angolano, especializada em Tecnologias de Informação, formalizaram o início da criação e implementação do Sistema Integrado de Gestão dos Correios de Angola.

Esta ação é resultado e sequência de um contrato assinado em 2017, nas instalações dos Correios de Angola pela Presidente do Conselho de Administração, Luísa Andrade, e pelo CEO e Co-Fundador da empresa Mwango Brain, Aniceto J. J. D’Carvalho.
Aniceto J. J. D’Carvalho revelou-nos que o desenvolvimento do referido Sistema está dividido em duas fases e direcionado, primeiro, para os clientes dos Correios, e posteriormente para o público de forma geral.
O Sistema Integrado de Gestão dos Correios de Angola vai melhorar e facilitar as (...)

CTT – Correios de Portugal líderes mundiais em sustentabilidade

2019-03-06
Fonte: CTT – Correios de Portugal
Foto por: CTT – Correios de Portugal

Os CTT – Correios de Portugal estão entre as empresas líderes a nível mundial em termos de sustentabilidade, com a classificação de Leadership (A-), de acordo com o ranking elaborado pelo CDP – Carbon Disclosure Project. Este ranking, considerado o principal em termos de sustentabilidade energética e carbónica a nível mundial, avaliou mais de 7.000 empresas de topo dos mais diversos setores, cuja média de classificação global foi de B-.

Também no setor postal, os CTT estão posicionados acima da média (B-), ocupando o terceiro lugar a nível mundial. O desempenho dos CTT destacou-se nas categorias energia, fixação de metas e redução de emissões e lançamento de soluções neutras em carbono, fruto da adequação estratégica, da gestão dos riscos e oportunidades decorrentes das alterações climáticas e das boas práticas já há bastante tempo seguidas pela empresa. A nível nacional, os CTT ocupam a segunda posição entre todas as empresas participantes, das mais variadas (...)

CADE aprova parceria entre Correios do Brasil e Azul para criar empresa de transporte de carga

2019-03-06
Fonte: Globo
Foto por: ECT - Correios do Brasil/ Azul

O Conselho Administrativo de Defesa Económica (CADE) aprovou, no passado dia 13 de fevereiro, uma parceria entre os Correios do Brasil e a Azul Linhas Aéreas para criar uma empresa de transporte de carga e malas postais, apesar da contestação de outras companhias. A Azul terá 50,01% do negócio e os Correios, 49,99%. O caso agora deverá ser apreciado pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

Segundo a autarquia, a união dará maior eficiência ao serviço dos Correios, que poderá usar porões dos aviões da Azul e aproveitar suas mais de 100 rotas. Já a companhia aérea lucrará mais com os voos, que já seriam feitos apenas com a demanda dos passageiros, transportando encomendas postadas nas agências dos Correios, presente em todos os municípios do país.
A decisão do CADE confirmou um parecer favorável que já havia sido dado em dezembro pelo órgão, mas que foi contestado por concorrentes da Azul por supostamente violar a livre (...)

Privatização da Angola Telecom acontece este ano

2019-03-06
Fonte: Mercado/ Jorna de Angola
Foto por: Angola Telecom

O processo de privatização da Angola Telecom vai arrancar este ano, estando neste momento a decorrer o processo de avaliação do património e ativos da empresa, informou o Ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, José Carvalho da Rocha.

Segundo a entrevista publicada no Jornal de Angola, o governante assegurou a devida transparência no processo que pretende privatizar 45 % da empresa.
O dirigente sublinha o facto de os ativos continuarem a ser valorizados, uma vez que o Estado realizou investimentos na empresa. Está a ter um sistema de informação capaz de gerir negócio. Aqui há valorização. Também ocorreram investimentos e novas plataformas, que permitem hoje uma valorização.
O Ministro disse que a questão dos funcionários estará salvaguardada, não está a ser um (...)

Unitel patrocina pós-graduação em Agricultura na Royal Agriculture University

2019-03-06
Fonte: Unitel
Foto por: Unitel

Seis estudantes angolanos selecionados em 2018 para o programa de bolsa de Pós-graduação do Fórum Académico na área da agricultura, lançado pela Academia Unitel em parceria com a Universidade Real Agrícola, do Reino Unido, entraram este mês no processo acelerado de formação naquele país da Europa.

Selecionados entre os mais de quinhentos concorrentes do concurso lançado em 2017, os estudantes irão frequentar durante um ano a Universidade Agrícola Real (RAU), em Cirencester, Reino Unido, permitindo assim ganhar competências práticas, conhecimentos especializados e a oportunidade de interagir com os mais respeitados especialistas do ramo agrícola do mundo.
O programa, totalmente financiado pela Unitel, permite, também, aos bolseiros após a conclusão do curso de pós-graduação, trabalharem num novo projeto agrícola em Angola durante um (...)

RTP planeia investir 27 milhões de euros

2019-03-06
Fonte: Correio da Manhã
Foto por: RTP

Os planos da RTP para este ano integram-se no projeto estratégico para o triénio em curso, intitulado ‘Com os olhos postos no futuro’.

Inclui um investimento que ultrapassa os 27 milhões de euros e que, de acordo com o Plano de Atividades da empresa, a que o CM teve acesso, pretende colocar o grupo de media público "na linha da frente do setor". Neste enquadramento, o plano de investimento da RTP engloba projetos em sete grandes áreas, estando os valores dependentes das respetivas fontes de financiamento até 2021. O primeiro é a Migração da Televisão para Alta Definição (HD), que tem como finalidade pôr a RTP 1 a oferecer maioritariamente emissão com qualidade HD. Esta (...)

Macau: Novo regime de convergência das telecomunicações não limita número de operadoras

2019-03-06
Fonte: Ponto Final /André Vinagre
Foto por: CTT Macau

O novo regime de convergência de redes e serviços de telecomunicações não coloca limites ao número de operadoras a receber licenças, já que o licenciamento não será por concurso, mas através de pedido. “Tudo depende do mercado”, afirmou a Diretora da Direção dos Serviços de Correios e Telecomunicações (CTT), Derby Lau. O novo regime vai permitir que as operadoras ofereçam pacotes integrados de serviços.

Foram apresentados ontem os pontos-chave referentes ao novo regime de convergência de redes e serviços de telecomunicações. Em conferência de imprensa, Derby Lau, Diretora da Direção dos Serviços de Correios e Telecomunicações (CTT), afirmou que o novo regime não vai limitar o número de licenças para as operadoras e que os pacotes de serviços integrados podem ser uma realidade depois da entrada em vigor do novo regime, o que deverá acontecer ainda este ano. O montante das multas a aplicar às operadoras também vai ser revisto e aumentado.